Silval Barbosa se coloca como interlocutor dos produtores junto ao Governo Federal

O governador Silval Barbosa recebeu, nesta terça-feira (26.07), para uma extensa reunião, representantes dos produtores rurais. Durante o encontro foram debatidos temas como o endividamento do segmento e as ações no combate a incêndios. O governador se colocou, na questão da dívida rural, como interlocutor e agente político junto ao Governo Federal e já agendou …

26/07/2011 21:35



O governador Silval Barbosa recebeu, nesta terça-feira (26.07), para uma extensa reunião, representantes dos produtores rurais. Durante o encontro foram debatidos temas como o endividamento do segmento e as ações no combate a incêndios. O governador se colocou, na questão da dívida rural, como interlocutor e agente político junto ao Governo Federal e já agendou uma reunião com o ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Wagner Rossi.

O secretário-chefe da Casa Civil, José Lacerda, disse que o governador Silval Barbosa está atento e solidário aos produtores nessa questão e, por isso, imediatamente, se colocou como porta-voz dos produtores junto ao Governo Federal. A questão do endividamento remonta ao Finame (financiamento do BNDES para aquisição de equipamentos) entre os anos de 2004 e 2007, e por conta da crise desse período os produtores não tiveram como honrar os compromissos junto ao banco, como lembra o deputado Neri Geller, que também participou da reunião.

A proposta dos produtores, segundo o presidente da Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso (Famato), Rui Prado, é que os devedores possam pagar o valor de origem e com isso a “gordura” (juros e correções) possa ser refinanciado pelos próprios bancos. O problema, conforme Prado, atinge principalmente os médios produtores. Os grandes tiveram outras formas de trabalhar o pagamento da dívida durante a crise e os pequenos receberam o Pronaf. Um técnico da Famato também irá participar da reunião em Brasília.

Os produtores apresentaram ainda questões ambientais, colocaram a preocupação com os incêndios florestais, principalmente nas margens das rodovias, e pediram que sejam feitos aceiros. O secretário de Estado do Meio Ambiente, Alexander Maia, presente na reunião, reiterou a atenção do governo para a questão e lembrou que a Sema junto a Secretaria de Estado de Transporte e Pavimentação Urbana irá realizar um trabalho para resolver o problema.

O grupo solicitou apoio do Governo do Estado ainda qunato a apresentação artísticas em exposição agropecuária. A Secretaria de Cultura de Mato Grosso irá analisar os projetos e financiar aqueles que forem viáveis.

Participou ainda da reunião, o deputado federal Homero Pereira e outras lideranças do setor rural.

Fonte:Secom/MT