Frente fria traz queda na temperatura na Baixada Cuiabana

A Defesa Civil em Mato Grosso informa que a umidade relativa do ar será de 82% hoje(terça-feira) em todo o Estado. Está prevista a chegada de uma nova frente fria e, em conseqüência, o declínio da temperatura. Durante a madrugada, a mínima na Baixada Cuiabana será de 11º e no Estado será de 9º na …

02/08/2011 10:11



A Defesa Civil em Mato Grosso informa que a umidade relativa do ar será de 82% hoje(terça-feira) em todo o Estado. Está prevista a chegada de uma nova frente fria e, em conseqüência, o declínio da temperatura. Durante a madrugada, a mínima na Baixada Cuiabana será de 11º e no Estado será de 9º na região de Barra do Garças e Rondonópolis. O tempo estará parcialmente nublado com nevoa úmida, mas não está previsto chuvas.
Conforme dados do INMET – Instituto Nacional de Metereologia -, a temperatura durante a madrugada até a próxima quinta-feira. Na sexta-feira, a mínima prevista será de 20º.
Conforme a coordenadoria da Defesa Civil em Várzea Grande, na sexta-feira (05), a umidade relativa do ar cai para 24%, índice considerado preocupante, pois está abaixo de 30%.
No domingo (07) e segunda-feira (08), a previsão é de 15% de umidade relativa do ar, índice considerado preocupante.
O coordenador municipal da Defesa Civil em Várzea Grande Juliano Lemos esclarece que o alerta está na media e não no pique. Mesmo assim, são necessários alguns cuidados especiais, principalmente em período em que sol é mais forte.
Ele destaca que a Defesa Civil recomenda que as pessoas se hidratem ao Maximo. Alem disso, as queimadas urbanas, a fumaça aumentam a sensação de calor causando problemas respiratórios.
No período noturno, as pessoas devem dormir com bacias com água e com toalhas, aumentando a umidade. “Quem tiver umidificador, devera usa-lo”, completa.
Os principais efeitos da baixa umidade são: secura na garganta e nos olhos, problemas respiratórios, complicações alérgicas e respiratórias devido ao ressecamento de mucosas, sangramento pelo nariz, ressecamento da pele, irritação dos olhos, entre outros.

fonte: VG News