7 maneiras incomuns de combater a impotência

Pode até parecer que não (como previsto, nem todo mundo deve assumir), mas a impotência, ou disfunção erétil, atinge muitas pessoas. No entanto, essa experiência normalmente desagradável não está destinada a atormentar sua vida para sempre: se você não quer corrigir a condição com medicamentos populares, confira nessa lista alguns tratamentos alternativos que podem dar …

05/08/2011 09:45



Pode até parecer que não (como previsto, nem todo mundo deve assumir), mas a impotência, ou disfunção erétil, atinge muitas pessoas. No entanto, essa experiência normalmente desagradável não está destinada a atormentar sua vida para sempre: se você não quer corrigir a condição com medicamentos populares, confira nessa lista alguns tratamentos alternativos que podem dar certo:

  • 1 – CERVEJA DE VIAGRA

Os homens adoram beber. Se eles bebem de qualquer jeito, melhor aproveitar esse momento para dar-lhes um pouco de energia com a edição limitada de uma cerveja britânica que vem com Viagra. Criada em honra a um certo casamento real que você com certeza ouviu falar recentemente, essa cerveja contém Viagra, chocolate, e erva de bode, um produto natural afrodisíaco.

Nota: no Reino Unido, não é preciso receita médica para comprar Viagra. Mas, de acordo com o rótulo da cerveja, ela não contém Viagra de verdade, mas sim um produto alternativo feito de ervas! Propaganda enganosa?

  • 2 – AMOR CAFEINADO

Um café especial, vendido exclusivamente online, contém vários ingredientes que supostamente aumentam o fluxo de sangue e ajudam a combater a disfunção erétil. No entanto, recentemente, uma instituição americana que controla alimentos e medicamentos advertiu os consumidores que a maioria das reivindicações desse café não pode ser justificada por estudos de laboratório.

Além disso, seus ingredientes principais – bagas goji (um tipo de fruta), erva do bode, ginseng (planta chinesa), e um ingrediente não listado, hidroxitiohomosildenafil, um primo químico do ingrediente ativo do Viagra – podem causar efeitos secundários perigosos, como tonturas, pressão arterial perigosamente baixa e até mesmo morte. Sem mencionar que bafo de café não é nada sexy.

  • 3 – REFLEXOLOGIA

Reflexologia, a prática de aumentar o fluxo sanguíneo em partes do corpo exercendo pressão sobre pontos designados, é uma cura natural para a impotência. Ela produziu resultados mistos naqueles que já se aventuraram pela terapia – ou seja, pode funcionar ou não. Os pontos de pressão sobre os tornozelos correspondem ao pênis, então, em teoria, pressionar esses pontos deve promover uma ereção.

E a reflexologia tem uma vantagem a seu favor: aumenta o relaxamento, o que, pelo menos, se a terapia não der certo, pode ajudar a aliviar o estresse da disfunção erétil.

  • 4 – PREENCHENDO O VÁCUO

Eu sei que não parece confiável, mas esse tubo de plástico pode ser eficiente: a engenhoca usa a força do vácuo para puxar o fluxo sanguíneo ao membro flácido, criando uma ereção. Depois de ereto, uma faixa elástica especial é fixada na base do pênis, permitindo que o homem tenha relações sexuais por até 30 minutos a uma hora. Grande lei da física.

Os efeitos colaterais já relatados são apenas algumas contusões leves e orgasmos menos intensos. (Ah, e o constrangimento de ter que trazer um tubo plástico para o quarto…).

  • 5 – CHICLETE DE VIAGRA

O chiclete de Viagra é uma promessa que tem sido muito falada desde que uma empresa obteve a patente para ele em 2000. Até agora, entretanto, o público não tinha visto nada. Em março desse ano, a Pfizer lançou a primeira versão do chiclete, disponível apenas no México.

Ele se dissolve na língua, após algum tempo mascando, e funciona mais rápido do que o tradicional comprimido. Também pode ser útil para os homens com dificuldade em engolir cápsulas grandes.

  • 6 – ALTERNATIVAS HERBAIS

Existem muitos medicamentos e suplementos herbais disponíveis on-line que pretendem imitar os efeitos da famosa pílula azul. Apesar de se chamarem de “alternativa natural”, a maioria desses remédios não é aprovada para ser comercializada.

Na verdade, muitos contêm ingredientes que não estão listados no rótulo e podem ser extremamente prejudiciais. É melhor tomar cuidado.

  • 7 – CIRURGIA

Hoje em dia, existem duas opções cirúrgicas para os homens que precisam de mais ajuda do que qualquer um dos métodos acima pode proporcionar. Uma delas envolve a inserção de um implante peniano, geralmente uma haste inflável ou tubo, com uma pequena bomba implantada no escroto. Quando quiser, o homem bombeia o escroto, e o pênis fica ereto. A outra opção ainda está em fase experimental e envolve cirurgia vascular que visa aumentar o fluxo sanguíneo na área problemática. Ambas as cirurgias podem causar danos aos nervos e tecido cicatricial que pode levar a complicações mais tarde. Pense bem antes de se aventurar.

Fonte:Obarrigaverde