China investiga fabricação de “pílulas de feto”

O Ministério da Saúde da China está investigando a fabricação de pílulas energéticas que têm como matéria-prima corpos de bebês mortos e fetos. A investigação se concentra na província de Jilin, fronteira com a Coreia do Sul. Há suspeitas de que a minoria étnica sul-coreana que vive na região esteja fazendo o contrabando das pílulas …

10/08/2011 13:00



O Ministério da Saúde da China está investigando a fabricação de pílulas energéticas que têm como matéria-prima corpos de bebês mortos e fetos. A investigação se concentra na província de Jilin, fronteira com a Coreia do Sul. Há suspeitas de que a minoria étnica sul-coreana que vive na região esteja fazendo o contrabando das pílulas para seu país.

Na última semana, uma reportagem produzida por um canal de TV sul-coreano mostrou vídeos da suposta fabricação das pílulas. Na matéria, médicos fizeram a análise do DNA das pilulas e detectaram 99% de semelhança genética com o organismo humano.

As pastilhas estariam sendo vendidas no mercado clandestino da Coreia do Sul por cerca de US$ 6,5 a cápsula.