Governo de MT busca superar barreiras burocráticas para implantar VLT

As reuniões que o governador de Mato Grosso, Silval Barbosa, solicitou e participou na quarta-feira (10.08), em Brasília (DF), tiveram o objetivo de buscar solução no entendimento da alteração da matriz de responsabilidade do Bus Rapid Transit (BRT) para o Veiculo Leve sobre Trilhos (VLT). Silval Barbosa esteve nos ministérios do Esporte, dos Transportes, do …

11/08/2011 09:51



As reuniões que o governador de Mato Grosso, Silval Barbosa, solicitou e participou na quarta-feira (10.08), em Brasília (DF), tiveram o objetivo de buscar solução no entendimento da alteração da matriz de responsabilidade do Bus Rapid Transit (BRT) para o Veiculo Leve sobre Trilhos (VLT). Silval Barbosa esteve nos ministérios do Esporte, dos Transportes, do Planejamento, Orçamento e Gestão e na Caixa Econômica Federal (CEF).
De acordo com o governador a intenção é costurar a compreensão de que o VLT será a melhor opção de transporte de massa para a população de Cuiabá para os jogos da Copa do Mundo de 2014. “O VLT é mais moderno e atenderá melhor os cidadãos mato-grossenses. Queremos superar as barreiras burocráticas, por isso nos reunimos com os ministros e o vice-presidente de Governo da Caixa, José Urbano Duarte, para que haja esse entendimento para a alteração para o VLT”, disse o governador.
Segundo Silval Barbosa, o vice-presidente Michel Temer também se colocou à disposição para as questões burocráticas, durante audiência na tarde dessa terça-feira (09.08). O ministro do Esporte, Orlando Silva, disponibilizou a equipe técnica do Ministério para fazer a avaliação sobre a formatação solicitada pelo Governo de Mato Grosso.
Nesta quinta-feira (11.08), o governador Silval Barbosa se reunirá com o ministro das Cidades, Mário Sílvio Negromonte, voltará a se reunir com a ministra do Planejamento, Orçamento e Gestão, Miriam Belchior, e com a ministra da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, para dar continuidade na busca da solução para o modal de transporte a ser executado em Cuiabá.
Acompanharam as reuniões em Brasília, o presidente da Agecopa, Eder Moraes, o secretário-extraordinário de Acompanhamento da Logística Intermodal de Transportes (Selit), Francisco Vuolo, e o secretário de Estado de Fazenda, Edmilson José dos Santos.

fonte: Secom