Corte de juros “surpreendente” repercute em jornais do mundo

01/09/2011 11:55



O corte de 0,5 ponto percentual na taxa básica de juros, a Selic, que foi para 12% ao ano, surpreendeu interna e externamente. A mídia econômica internacional fez menção no noticiário desta quinta-feira ao movimento inesperado do Banco Central (BC) brasileiro, que vai contra a tendência de contenção da inflação.

O Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), usado para medir a inflação oficial, opera, no número para os últimos 12 meses e na expectativa para 2011, acima do centro da meta, que é de 4,5% (com tolerância de 2 pontos para cima ou para baixo).

The Wall Street Journal levantou questionamentos sobre a autonomia do Banco Central brasileiro. A instituição não tem essa separação do governo na teoria, mas a execução naprática foi defendida pelos últimos governos e pelo atual. Segundo o jornal, o movimento coloca o comprometimento do BC brasileiro com a inflação sob suspeita.

Fonte:JB





Tags: