Dilma: conjuntura global determinará trajetória dos juros

Um dia após o Banco Central cortar inesperadamente em 0,5 ponto percentual a taxa Selic, a presidente Dilma Rousseff disse nesta quinta-feira que o futuro dos juros no Brasil dependerá do cenário externo. “Dependendo da conjuntura da economia internacional, nós teremos aumento ou diminuição (da taxa de juros)”, disse Dilma em entrevista a rádios de …

01/09/2011 12:59



Um dia após o Banco Central cortar inesperadamente em 0,5 ponto percentual a taxa Selic, a presidente Dilma Rousseff disse nesta quinta-feira que o futuro dos juros no Brasil dependerá do cenário externo.

“Dependendo da conjuntura da economia internacional, nós teremos aumento ou diminuição (da taxa de juros)”, disse Dilma em entrevista a rádios de Belo Horizonte.

Na quarta-feira, o Comitê de Política Monetária (Copom) reduziu o juro básico 12 por cento ano.

Fonte:Reuters