Protótipo do novo iPhone volta a ser esquecido num bar por funcionário da Apple

Já em Abril do ano passado tinha acontecido o mesmo. Um funcionário da Apple entrou num bar californiano e esqueceu-se de um protótipo ultra-secreto do novo iPhone (na altura o iPhone 4) no local. Este ano acontece a mesma coisa: a CNet está a noticiar que um protótipo do esperado iPhone 5, que será lançado …

01/09/2011 09:53



Já em Abril do ano passado tinha acontecido o mesmo. Um funcionário da Apple entrou num bar californiano e esqueceu-se de um protótipo ultra-secreto do novo iPhone (na altura o iPhone 4) no local. Este ano acontece a mesma coisa: a CNet está a noticiar que um protótipo do esperado iPhone 5, que será lançado dentro de semanas, foi esquecido num bar mexicano de São Francisco.

De acordo com o site CNet, um funcionário da Apple entrou num bar mexicano do distrito de Mission chamado Cava22, na cidade californiana de São Francisco, e esqueceu-se do protótipo do novo smartphone no local. Apesar de todo o secretismo que sempre gira em torno dos produtos da Apple antes do lançamento, alguns funcionários são autorizados a andar com protótipos dos novos smartphones antes do lançamento para testarem eventuais falhas nos aparelhos.

O CNet avança ainda que, uma vez detectada a perda, a Apple contactou imediatamente a polícia, explicando tratar-se de um protótipo valiosíssimo.

Por essa altura já o aparelho teria sido vendido através do site Craigslist por 200 dólares.

Através de um sistema de geolocalização, a Apple e a polícia conseguiram identificar a casa (num bairro de São Francisco) onde estaria o aparelho mas, ao chegarem ao local, depararam-se com um indivíduo que afirmava nada saber sobre o caso. Após buscas à casa, aceites pelo próprio habitante, não foi descoberto o protótipo desaparecido.

Bem-humorado, o dono do bar mexicano disse apenas à CNet: “Tenho de passar a fazer as minhas bebidas menos fortes”.

O iPhone 4 foi lançado em Junho de 2010 e espera-se que, após mais de um ano sem novidades, este novo aparelho traga melhorias significativas ao icónico smartphone da empresa da maçã.

No ano passado, um protótipo do iPhone 4 foi deixado na esplanada de uma cervejaria por Robert Powell, um engenheiro da Apple. O aparelho acabou na posse de um editor do blogue sobre gadgets e tecnologia Gizmodo, que publicou fotografias e vídeos do aparelho antes do seu lançamento oficial. A Apple contactou a polícia, que conseguiu um mandado de busca à casa de Jason Chen, editor do blogue.

No início deste mês, procuradores da localidade de San Mateo apresentaram queixas criminais contra dois homens por alegadamente terem vendido o iPhone 4 aos responsáveis do Gizmodo. É ilegal, segundo as leis californianas, ficar com propriedade perdida quando se sabe quem são os donos. Os dois homens poderão ser punidos com uma pena até um ano de prisão.

Fonte:Correiodobrasil