Riva evita detalhar teor da conversa com Brito

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado José Riva (PP), recebeu ontem para uma reunião o diretor de Infraestrutura da Agecopa, Carlos Brito, que expôs ao deputado as dificuldades vividas. Discreto, Riva não quis comentar o teor da conversa, mas disse que não concorda com a forma “violenta” como estão querendo tirar Brito da Agecopa.Desde o …

15/09/2011 11:34



O presidente da Assembleia Legislativa, deputado José Riva (PP), recebeu ontem para uma reunião o diretor de Infraestrutura da Agecopa, Carlos Brito, que expôs ao deputado as dificuldades vividas. Discreto, Riva não quis comentar o teor da conversa, mas disse que não concorda com a forma “violenta” como estão querendo tirar Brito da Agecopa.Desde o estopim da crise, há 14 dias atrás, Riva se manteve cauteloso, amenizando a crise e defendendo o diálogo, muito embora o diretor esteja correndo o risco de perder o cargo porque manifestou crítica ao sistema de transporte VLT (Veículo Leve Sobre Trilhos). Riva sempre foi um dos principais defensores do VLT.

A briga interna entre Eder e Brito foi explicitada durante uma audiência pública realizada na Assembleia na sexta-feira retrasada, dia 2, quando os dois brigaram publicamente, inclusive, trocaram ofensas. Porém, essa não foi a primeira briga entre os dois, o clima já não estava bom desde que Eder entrou na Agecopa como presidente, em março deste ano.

Depois do episódio na audiência pública, Eder pediu a demissão de Brito ao governador Silval Barbosa (PMDB). Antes de qualquer decisão, foi determinada as férias do diretor, baseada numa portaria que determina todos os servidores com mais de dois anos sem férias, regularizem a situação. Brito está nesse grupo.

Enquanto Eder Moraes está em Brasília com o governador Silval Barbosa cuidando de assuntos da Copa, Brito ficou em Cuiabá e ronda a Assembleia Legislativa e o Palácio. Anteontem ele já esteve reunido com um grupo de deputados e ontem se reuniu com o deputado Riva. Brito prefere não falar com a imprensa e comentar qual será sua posição.

Conforme Riva, Brito está esperando uma conversa com o governador Silval Barbosa. “Eu disse a ele que sou contra execrar uma pessoa assim. Os dois erraram durante aquela audiência, não só o Brito. E o Eder está usando uma força violenta contra o diretor, isso é desnecessário”, disse o deputado Riva.

Questionado sobre qual será sua posição caso o governador de fato indique o desligamento de Brito, Riva disse que prefere não cogitar essa hipótese porque o Silval ainda vai conversar com o diretor. (ARF).