Governador destaca a importância da valorização da família em cerimônia de abertura do Casamento Comunitário 2011

A valorização da instituição familiar como pilar de uma sociedade de princípios éticos e morais foi destacada pelo governador Silval Barbosa como principal motivador para a realização do Casamento Comunitário 2011, evento promovido pelo Governo de Mato Grosso, por meio da Secretaria de Estado de Trabalho e Assistência Social (Setas). A valorização da instituição familiar …

25/09/2011 11:09



A valorização da instituição familiar como pilar de uma sociedade de princípios éticos e morais foi destacada pelo governador Silval Barbosa como principal motivador para a realização do Casamento Comunitário 2011, evento promovido pelo Governo de Mato Grosso, por meio da Secretaria de Estado de Trabalho e Assistência Social (Setas).

A valorização da instituição familiar como pilar de uma sociedade de princípios éticos e morais foi destacada pelo governador Silval Barbosa como principal motivador para a realização do Casamento Comunitário 2011, evento promovido pelo Governo de Mato Grosso, por meio da Secretaria de Estado de Trabalho e Assistência Social (Setas).

A valorização da instituição familiar como pilar de uma sociedade de princípios éticos e morais foi destacada pelo governador Silval Barbosa como principal motivador para a realização do Casamento Comunitário 2011, evento promovido pelo Governo de Mato Grosso, por meio da Secretaria de Estado de Trabalho e Assistência Social (Setas).

A valorização da instituição familiar como pilar de uma sociedade de princípios éticos e morais foi destacada pelo governador Silval Barbosa como principal motivador para a realização do Casamento Comunitário 2011, evento promovido pelo Governo de Mato Grosso, por meio da Secretaria de Estado de Trabalho e Assistência Social (Setas).

A valorização da instituição familiar como pilar de uma sociedade de princípios éticos e morais foi destacada pelo governador Silval Barbosa como principal motivador para a realização do Casamento Comunitário 2011, evento promovido pelo Governo de Mato Grosso, por meio da Secretaria de Estado de Trabalho e Assistência Social (Setas). “A família é a célula-mater da sociedade. É a base de tudo. É a razão da nossa existência. Portanto, investir em políticas públicas com o foco no fortalecimento da família é investir em um futuro melhor para a nossa população”, pontuou Silval Barbosa durante a cerimônia matrimonial de Pontes e Lacerda, que marcou o início da edição regionalizada desta ação governamental.

Aproveitando o ensejo, o governador de Mato Grosso entrou no clima romântico da cerimônia e anunciou aos mais de oito mil presentes no evento, entre noivos e convidados, o desejo de renovar os votos de casamento com a primeira-dama e titular da Setas, Roseli Barbosa. “Com você, Roseli, eu casaria quantas vezes mais tivesse oportunidade”, exclamou Silval, ao lembrar que já estão casados há 28 anos.

Emocionada com a homenagem e com o resultado do trabalho desenvolvido e acompanhado passo a passo por ela, Roseli Barbosa disse que pretende trabalhar ainda mais para que os valores familiares estejam presentes em todos os segmentos sociais.“Esse é o nosso maior objetivo. Para tanto, estamos desenvolvendo uma série de programas que deverão atender a população em todas as etapas da vida, desde a infância até a melhor idade”, ressaltou.

Na condição de anfitrião da cerimônia, o prefeito de Pontes e Lacerda, Newton Miotto, enalteceu a iniciativa do Poder Executivo estadual por expandir a realização do Casamento Comunitário, que tradicionalmente ocorria em Cuiabá, para o interior de Mato Grosso.

“Estamos num momento ímpar de Mato Grosso, em que muito se fala sobre as obras estruturantes, tendo em vista a Copa do Mundo que se aproxima, mas o que vemos aqui hoje vai além. O Governo do Estado, numa demonstração de que governa pensando nas pessoas que vivem em todas as localidades de Mato Grosso, investe em uma ação como esta, voltada para o fortalecimento das nossas famílias”, salientou Miotto.

EMOÇÃO A FLOR DA PELE

Os mais de mil casais que compareceram ao evento não resistiram à magia da cerimônia. Ao cruzarem os portões, noivos e convidados já se deparavam com a bela decoração dos cenários fotográficos, onde o vermelho, eleito como a cor do amor, era preponderante nos arranjos e buquês montados para as fotos oficiais dos casais.

A cerimônia iniciou embalada com os cânticos dos músicos da Orquestra Sinfônica de Mato Grosso. A voz grave do solista aumentou o clima de romance e, neste momento, as lágrimas de muitas noivas foram inevitáveis. O capricho nos vestidos e penteados refletiam a importância da cerimônia e a realização de um sonho para muitos casais, os quais tinham o sorriso como a prova mais concreta da felicidade do momento.

Para alguns noivos, o passar do tempo não diminuiu a admiração e o amor que um sente pelo outro. Pelo menos para dona Josefa Arlinda de Jesus, de 70 anos, e seo Ronaldo Bezerra, de 66 anos, moradores de Conquista D’Oeste e juntos há 48 anos. “Olho para ela e tenho o mesmo sentimento de quando a conheci. Estou muito feliz em poder oficializar nossa união, que resultou em sete filhos e uma vida de muitas alegrias”, disse o noivo, todo empolgado com o casamento.

Já dona Maria Pedrosa de Lima era só ansiedade. Ela e o marido estavam oficializando a união ao lado da filha e do genro, mais um casal participante do Casamento Comunitário. “Tem três dias que quase não como e nem durmo direito. Estou muito nervosa e apesar dos nossos 36 anos de vida em comum me sinto como uma mocinha. Hoje estou realizando um sonho duplo, pois também estou casando minha filha que acaba de ter o seu segundo filho”, afirmou Maria Pedrosa muito emocionada.

A jovem Liliane de Paula Santo terá mais um sobrenome a partir deste sábado (24.09) e passará a se chamar Liliane de Paula Santo Ferreira. Por ter apenas 16 anos, precisou da autorização do pai para se casar com Ezequiel de Oliveira Ferreira, de 20 anos. “Após um ano e nove meses de namoro, decidimos aproveitar o Casamento Comunitário para formarmos nossa família, ter nossos filhos e vivermos em harmonia”, destacou o noivo.

De Vila Bela da Santíssima Trindade veio o casal Marilene Morales de Araújo e Aparecido Machado de Lima. A vida em comum já dura 22 anos e dessa união vieram os dois filhos do casal. “Estou muito feliz em casar com o amor da minha vida”, destacou Aparecido.

O Casamento Comunitário é uma ação do Governo do Estado realizada em parceria com a Corregedoria Geral do Tribunal de Justiça, Procuradoria Geral do Estado, Defensoria Pública, Movimento Comunitário, Rotary Club, Lyons Clube, Maçonaria e Prefeitura Municipal de Pontes e Lacerda.

A próxima cidade a receber a edição regionalizada do Casamento Comunitário será Sinop, no dia 08 de outubro. Na ocasião, mais de 1.700 casais deverão oficializar a união matrimonial.

Fonte:Secom/MT