Um futuro por aluno

Imagine uma cidade onde todas as escolas públicas oferecem um computador poraluno. Parece conto de fadas ou o retrato de algum centro tecnológico nos Estados Unidos. Mas essa é a mais pura realidade do Município de Piraí, bem aqui no Estado do Rio. Graças a um programa inovador, a cidade se tornou a primeira do …

26/09/2011 10:58



Imagine uma cidade onde todas as escolas públicas oferecem um computador poraluno. Parece conto de fadas ou o retrato de algum centro tecnológico nos Estados Unidos. Mas essa é a mais pura realidade do Município de Piraí, bem aqui no Estado do Rio. Graças a um programa inovador, a cidade se tornou a primeira do mundo a disponibilizar um notebook para cada estudante. Essa revolução educacional, que já rende perceptíveis melhoras sociais e econômicas, precisa ser levada para todos os municípios fluminenses.

Os conservadores vão dizer que, antes de fazer a inclusão digital, é necessário acabar de vez com o analfabetismo e garantir um ensino de qualidade. Mas o fato é que um objetivo não inviabiliza o outro. Muito pelo contrário. O acesso à informática em sala de aula é uma forma de estimular a frequência do aluno e, ao mesmo tempo, melhorar o aprendizado. O computador é uma janela para um mundo infinito de informações, pesquisas e descobertas.

Quanto à viabilidade financeira do projeto, é bom lembrar que os preços dos equipamentos de informática vêm caindo progressivamente. A Índia já anunciou a venda de tablets voltados para estudantes por US$ 35 (cerca de R$ 55). Com a produção em massa, esse valor pode cair a até US$ 10 (pouco mais de R$ 15). Outra boa notícia: uma das maiores empresas chinesas do setor vai começar a produzir tablets aqui no Brasil.

Chegou a hora das nossas escolas darem um salto de qualidade. Legisladores, gestores públicos e a sociedade precisam se unir em torno desse projeto de inclusão digital. Ao disponibilizar um computador por aluno, estaremos, na verdade, garantindo um futuro para cada pequeno cidadão.

Por:Gustavo Tutuca é deputado estadual pelo PSB