Ausência de Blatter gera desconforto no Senado

05/10/2011 11:32



O não comparecimento do presidente da Fifa, Joseph Blatter, ao encontro com a presidente Dilma Rousseff, em Bruxelas, na Bélgica, gerou o descontentamento de senadores em Brasília. Na última segunda-feira, o dirigente enviou o secretário-geral da entidade, Jérôme Valcke, para discutir mudanças na Lei Geral da Copa com a presidente.

Para a senadora Lídice da Mata (PSB-BA), foi um ato “lamentável”, mas que não deve ser considerado, já que, segundo ela, para o país o que importa é a oportunidade de ter esse megaevento servindo de estímulo ao desenvolvimento.

– A Fifa é um mero instrumento – definiu.

Na opinião de Zezé Perella (PDT-MG), o suíço foi “descortês”.

– Talvez ele esteja chateado porque o Congresso está querendo cortar algumas exigências da Fifa. Não concordamos com muita coisa, como tirar o direito do aposentado de pagar meio ingresso. O Brasil é bem maior do que a Copa do Mundo e do que o Blatter – completou o senador.

Fonte: Lance!





Tags: