Uma forma de comparar a rentabilidade entre atividades agropecuárias

Considerando-se algumas das regiões pesquisadas pelo Cepea em parceria com a CNA, a equipe Cepea constata que, normalmente, soja, milho, café e pecuária de corte proporcionam retorno sobre o capital investido superior ao obtido pelo produtor de leite, como pode ser visto nos gráficos de 2 a 7. O maior retorno por real investido na …

05/10/2011 11:57



Considerando-se algumas das regiões pesquisadas pelo Cepea em parceria com a CNA, a equipe Cepea constata que, normalmente, soja, milho, café e pecuária de corte proporcionam retorno sobre o capital investido superior ao obtido pelo produtor de leite, como pode ser visto nos gráficos de 2 a 7.

O maior retorno por real investido na atividade leiteira foi de R$ 0,51, ou 51%, considerando-se apenas o Custo Operacional Efetivo (COE), verificado no Rio Grande do Sul, na região noroeste. Em seguida, ficou o Triângulo Mineiro, com R$ 0,32. Por outro lado, o retorno mais baixo foi verificado no Sul/Sudoeste de Minas Gerais, de R$ 0,12 por real investido.

Os pesquisadores destacam que, em todas as regiões, quando considerado o Custo Operacional Total (que inclui as depreciações, manutenção de pastagens etc.), o retorno da atividade leiteira torna-se negativo. Ou seja, quando é considerado todo o investimento em infraestrutura, além da manutenção de forrageiras, o produtor de leite tem prejuízo do ponto de vista econômico. A mesma situação é verificada para a pecuária de corte no sul goiano e para o trigo no oeste catarinense, também segundo dados do Cepea.

Fonte:Portaldoagronegocio