Em greve, bancários votam novas propostas da Fenaban na 2ª

16/10/2011 09:45



Os sindicatos de bancários de todo o País vão realizar assembleias na segunda-feira para discutir e votar as novas propostas apresentadas na sexta-feira durante a sétima rodada de negociações com a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban), em São Paulo. Também serão debatidas as propostas específicas do Banco do Brasil e da Caixa Econômica Federal. A orientação do Comando Nacional dos Bancários, coordenado pela Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT), é de aceitação das três propostas, com a suspensão da greve e volta ao trabalho a partir de terça-feira.

A proposta prevê reajuste de 9% dos salários a partir de 1º de setembro de 2011. Além disso, o piso salarial para bancários que exercem função de caixa passa para R$ 1,9 mil, para jornadas de seis horas, e piso de escriturários, para R$ 1,4 mil. “As novas propostas são resultado de um intenso processo de mobilização e negociação, que é o caminho que sempre defendemos, sem interferência de atores externos, para que os trabalhadores possam consolidar e avançara nas suas conquistas”, afirmou Carlos Cordeiro, presidente da Contraf-CUT e coordenador do Comando Nacional. O diretor de Relações do Trabalho da Fenaban, Magnus Apostólico, também ressaltou a dificuldade do processo. “Este foi um processo de negociação bastante longo, mas que finalmente levou a um acordo entre as partes, construído na mesa de negociação.”

Fonte:Terra





Tags: