AL adere ao Outubro Rosa, com programação especial dia 20

Os tipos de câncer que terão maior incidência no Brasil em 2011, com exceção do câncer de pele do tipo não melanoma, serão os cânceres de mama e do colo do útero no sexo feminino, e os cânceres de próstata e de pulmão no sexo masculino. Na tentativa de reverter essa previsão a partir da …

17/10/2011 13:43



Os tipos de câncer que terão maior incidência no Brasil em 2011, com exceção do câncer de pele do tipo não melanoma, serão os cânceres de mama e do colo do útero no sexo feminino, e os cânceres de próstata e de pulmão no sexo masculino. Na tentativa de reverter essa previsão a partir da prevenção, órgãos públicos, Poderes e organizações civis, no mundo todo, aderem este mês ao evento “Outubro Rosa”. E a Assembleia Legislativa de Mato Grosso não deixará de fazer parte do movimento, que quer estimular mulheres a fazerem o autoexame e a buscar os cuidados possíveis para evitar que as estatísticas virem casos concretos.

A estratégia usada pela AL será a de auxiliar, com informações, os servidores e os visitantes da Casa, do dia 17 ao dia 31 de outubro. Durante esse período haverá panfletagem e distribuição de cartilhas com informações sobre como a mulher e seu companheiro devem proceder para diagnosticar e tratar os casos positivos. No dia 20, às 9h30 e às 14h30, dois médicos oncologistas farão palestras sobre o tema no prédio da Assembleia.

O cirurgião Gilmar Ferreira do Espírito Santo e a oncologista clínica Cristina Guimarães informarão sobre estatísticas, diagnóstico e tratamento do câncer de mama e outros tipos. A servidora da QualiVida, Stephanie Cavarsan, que organiza o evento na Casa, afirma que é importante a participação dos servidores, já que os registros de mortes por câncer no mundo em 2008 chegaram a 7,6 milhões.

Dados – O Instituto Nacional de Câncer (Inca) indica a ocorrência de 489.270 casos novos de câncer no Brasil em 2011. Desses, 253 mil devem atingir mulheres e 236 mil, os homens. O tipo de câncer que terá maior número de registros na população brasileira será o de pele, do tipo não melanoma, com 114 mil casos novos. Na sequência aparece o de próstata, 52 mil; o de mama feminina, 49 mil; o de cólon e reto, 28 mil; o de pulmão 28 mil; o de estômago, 21 mil e o do colo do útero, 18 mil.

Os tumores que tem previsão de atingir a população masculina em maior número são o de pele não melanoma, 53 mil casos novos, o de próstata, 52 mil; o de pulmão, 18 mil; de estômago, 14 mil e cólon e reto, 13 mil. Para o sexo feminino, destacam-se os tumores de pele não melanoma, 60 mil casos novos, mama, 49 mil; o do colo do útero, 18 mil; cólon e reto, 15 mil, e o de pulmão, 10 mil.

A ong MT Mama, que no ano passado foi parceira da AL na sensibilização da população sobre aos cuidados para evitar o câncer, também tem uma programação especial para o Outubro Rosa:

De 08 a 31/10 – Venda de camisetas customizadas no Shopping
12/10 – Caminhada dos amigos do peito: uma caminhada em prol da saúde das mamas – Parque Mãe Bonifácia;
05/11 – 3ª MACARROmamma e Bazar Beneficente.

Fonte:AL/MT