Aposentados e pensionistas que integram Termo de Cooperação União/MT/MS devem se recadastrar

Os 1.017 aposentados e pensionistas que integram o termo de Cooperação Financeira firmado entre a União Federal e os estados de Mato Grosso e Mato Grosso do Sul devem se apresentar, a partir do dia 1º de março, nas Superintendências de Administração do Ministério da Fazenda, para realizar a Atualização Cadastral. Ao todo são 289 …

20/02/2012 09:19



Os 1.017 aposentados e pensionistas que integram o termo de Cooperação Financeira firmado entre a União Federal e os estados de Mato Grosso e Mato Grosso do Sul devem se apresentar, a partir do dia 1º de março, nas Superintendências de Administração do Ministério da Fazenda, para realizar a Atualização Cadastral. Ao todo são 289 aposentadorias, 37 pensões temporárias e 728 pensões vitalícias.

A lista com o nome dos beneficiados está disponível no Diário Oficial Eletrônico, por meio do edital de convocação 001 de 14 de fevereiro de 2012, pelo site da Imprensa Oficial de Mato Grosso (www.iomat.mt.gov.br). No edital, os convocados também encontrarão a informação necessária sobre quais documentos precisam apresentar no momento do recadastramento. Clique aquipara acessar o documento.

Os aposentados e pensionistas terão o prazo de 01.03.2012 até 31.03.2012, para se apresentar nas unidades de recursos humanos da Subsecretaria de Planejamento, Orçamento e Administração do Ministério da Fazenda (SPOA/MT). Em Cuiabá, a Superintendência fica localizada na avenida Vereador Juliano Costa Marques, 99, Bosque da Saúde, ao lado do Shopping Pantanal.

Excepcionalmente em Campo Grande (MS), o recadastramento será realizado nas instalações da Agência de Previdência dos Servidores do Estado (Ageprevi), na avenida Mato Grosso, nº 5578, Bloco 06 (antigo prédio da CASSEMS), no período das 07h30 às 11h30 e das 13h às 16h30. No edital, os interessados também encontrarão os outros endereços de recadastramentos nos demais estados da federação.

SERVIDORES QUE NÃO SE CADASTRAREM

Os servidores que não se apresentarem para realizar a atualização dos dados cadastrais até o término do prazo terão o pagamento dos respectivos benefícios suspensos a partir de setembro deste ano, conforme previsão no referido Termo de Cooperação.

fONTE:sECOM/mt