Governo entrega casas para famílias de baixa renda em Porto Esperidião

02/03/2012 09:31



O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado das Cidades (Secid), entrega nesta sexta-feira (02.03), às 8 horas, o Residencial Primavera, no município de Porto Esperidião (326 km a Oeste de Cuiabá). São 99 unidades de habitação destinadas a famílias de baixa renda, que terão o imóvel 100% subsidiado pelos recursos dos governos federal e estadual.

As casas fazem parte do programa de habitação do Governo de Mato Grosso “Tô Feliz”. Ao todo foram investidos R$ 998.972,37, sendo R$ 692.072,37 de recursos do Orçamento Geral da União (OGU) e R$ 396.000,00 do Orçamento Geral do Estado (OGE).

Cada unidade tem 24,2 metros quadrados de área construída, com sala, cozinha, banheiro e quarto. A definição dos beneficiários foi elaborada por meio de cadastro realizado pela Prefeitura Municipal de Porto Esperidião. Todas as unidades foram destinadas para famílias que se encontravam em situação de vulnerabilidade social e áreas de risco.

O residencial será entregue com toda a infraestrutura necessária, como asfalto, rede de água, esgotamento sanitário e elétrica. Os novos moradores poderão contar também nas proximidades com serviços públicos, como posto de saúde, escola e creche, que vão absorver a demanda.

Este é o primeiro residencial entregue pelo Governo do Estado em 2012. Ainda este mês outros residenciais deverão ser inaugurados em Cuiabá, Santo Antônio de Leverger e Tangará da Serra. A previsão é que este ano cerca de 10 mil famílias em todo Estado recebam uma casa nova para morar. No ano passado o Governo de Mato Grosso entregou 8.451 unidades de habitação, que totalizaram investimentos da ordem de R$ 237.036.226,22, entre recursos federais e estaduais.

Será realizado ainda em 2012 a contratação de outras 23.894 unidades, que juntas somarão um investimento de R$ 1.100.490.997,00, com uma contrapartida do Estado de R$ 112.539.433,00. “O Governo do Estado não está apenas construindo casas, ele está resgatando a dignidade e a autoestima de pessoas que estavam vivendo em áreas de risco ou vulnerabilidade social e que agora terão um lar para chamar de seu”, ressalta o secretário de Estado das Cidades, Nico Baracat, completando que a meta do governador Silval Barbosa de construir 44 mil novas casas até o final de seu mandato será cumprida com dois anos de antecedência.

Fonte:Secom/MT





Tags: