Dois anos depois, Mano e Neymar reencontram americanos

30/05/2012 10:08



Passados 659 dias de sua estreia no comando da seleção brasileira, o técnico Mano Menezes reencontra os Estados Unidos, em amistoso disputado na noite desta quarta-feira, em Washington, apostando em Neymar, o principal jogador dessa nova fase da equipe, iniciada justamente numa partida contra os americanos, fora de casa. O status de Neymar, porém, é bem diferente na comparação com aquele amistoso. Se no jogo de 2010 ele era apenas uma promessa, hoje já é o principal jogador brasileiro – e a maior aposta da seleção para a Copa do Mundo de 2014.

O trabalho de Mano Menezes na seleção começou em 10 de agosto de 2010, no estádio New Meadowlands, em Nova Jersey, também nos Estados Unidos, contra o mesmo adversário desta quarta, com vitória por 2 a 0. Na escalação, dois novatos que não tinham disputado a Copa do Mundo daquele ano eram as novidades: Paulo Henrique Ganso e Neymar. Ganso está fora do jogo, machucado. Mas Neymar volta a enfrentar os americanos como jogador de projeção mundial, com direito a um título de Copa Libertadores em seu currículo. No amistoso do último sábado, em que o Brasil venceu a Dinamarca por 3 a 1, o atacante foi desfalque (estava liberado para jogar pelo Santos na Libertadores).

Neymar se apresentou já nos Estados Unidos – depois de tentar furar a fila da imigração na entrada no país – e está confirmado na equipe titular. Mano Menezes fará mudanças na equipe que começou o jogo contra os dinamarqueses. A intenção é observar jogadores visando a disputa dos Jogos Olímpicos, que começa em julho. Além de Neymar, que substitui Lucas, o atacante Alexandre Pato é outro que deve começar a partida. O jogador do Milan quer mostrar que está recuperado de seguidas lesões para se firmar na equipe titular brasileira. Casemiro e o goleiro Rafael também podem jogar entre os titulares. Hulk, destaque do jogo de sábado, está confirmado na equipe.

Os Estados Unidos chegam para a partida embalados, após vitória contra a Escócia por 5 a 1 em um amistoso disputado na cidade de Jacksonville, também no sábado. O time de Jurgen Klinsmann se prepara para duas partidas das Eliminatórias da Copa do Mundo de 2014. Já classificada para a Copa por jogar em casa em 2014, a seleção brasileira aproveita o amistoso para fazer sua preparação para a Olimpíada de Londres e a tentativa de conquistar a inédita medalha de ouro nos Jogos. Brasil e Estados Unidos jogaram 16 vezes em confrontos oficiais com chancela da Fifa, com 15 vitórias brasileiras e apenas uma dos americanos, na Copa Ouro em 1998.

Fonte:Veja





Tags: