Silval Barbosa assina Carta da Amazônia (Atualizada)

03/06/2012 10:04



O governador de Mato Grosso, Silval Barbosa, nesta sexta-feira, assinou junto com os demais governadores da Amazônia Brasileira, no encerramento do Encontro de Desenvolvimento Sustentável da Amazônia Brasileira, a Carta da Amazônia.

O documento, aprovado por todos os nove governadores dos Estados da Amazônia, será entregue na Conferência das Nações Unidas para o Desenvolvimento Sustentável, RIO+ 20, que acontece entre os dias 20 a 22 de junho, no Rio de Janeiro. O encontro contou ainda com a participação da sociedade civil organizada.

No encerramento do Encontro de Desenvolvimento Sustentável da Amazônia Brasileira, os chamados grupos majoritários, o governador Silval Barbosa, se manifestou surpreendido com alto nível do debate e das propostas formuladas na Carta da Amazônia. “Saio muito feliz desta plenária. Que já representa uma grande conquista da Rio+ 20. Podemos ver de forma muito clara os anseios dos segmentos da sociedade que foram ouvidos”, afirmou.

Silval Barbosa afirmou que a expectativa é que a presidente Dilma Rousseff entregue os documentos para a ONU aos 120 chefes de estados que vêm ao Rio de Janeiro no mês de junho. “É Importante para que a ONU e os chefes de estados entendam nossa região. A presidente soube avaliar a importância desse momento enviando duas ministra. A ministra das Relações Institucionais, Ideli Salvatti, e a ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira, que ouviram com atenção as nossa demandas”, disse Silval.

O documento, que começou a ser construído em março foi finalizado nos três dias do “Encontro de Desenvolvimento Sustentável da Amazônia Brasileira para a Rio +20”, que finalizou na tarde desta sexta-feira. A carta será entregue para o Governo Federal, na pessoa da presidenta Dilma Rousseff e ministros de Estado, assim como para representantes do alto escalão das Nações Unidas.

Programação

A programação do evento se dividiu em duas partes. Pela manhã, na sede do Governo do Amazonas, houve uma coletiva de imprensa e um encontro fechado dos nove governadores da chamada Amazônia Legal. No período da tarde, no Tropical Hotel, foi discutida a proposta de desenvolvimento sustentável para a Amazônia, expressa na Carta da Amazônia Brasileira para a Conferência Rio+20, que será realizada em junho no Rio de Janeiro.

Participaram do Fórum os governadores de Roraima, José Anchieta Junior; do Mato Grosso, Silval da Cunha Barbosa; de Rondônia, Confúcio Aires Moura; o vice-governador do Tocantins, João Oliveira; o vice-governador do Acre, Carlos Cesar Correa de Messias; a vice-governadora do Amapá, Doralice Nascimento Souza e o vice-governador do Pará, Helenilson Cunha Pontes. O Maranhão será representado pelo secretário de Meio Ambiente, Carlos Victor Mendes.

Fonte:Secom/Mt





Tags: