Opinião – Imprensa manipuladora

”…se julgam mais importante do que a notícia…Se transformam em carrascos, em policiais, em juízes…Chega a ser asqueroso. Cospem rancor, ódio e vingança.” Os sábios do jornalismo da Globonews rasgaram descaradamente  o manual de redação. Se é que eles sabem do que se trata. Muito menos abriram um exemplar na vida.  Isenção passa longe. É artigo de …

29/06/2016 00:02



”…se julgam mais importante do que a notícia…Se transformam em carrascos, em policiais, em juízes…Chega a ser asqueroso. Cospem rancor, ódio e vingança.”

Os sábios do jornalismo da Globonews rasgaram descaradamente  o manual de redação. Se é que eles sabem do que se trata. Muito menos abriram um exemplar na vida.  Isenção passa longe. É artigo de luxo. O que manda no vesgo jornalismo da Globonews é  a parcialidade, a arrogância descabida dos repórteres, o sorriso cretino e debochado dos  editores e editoras. Todos se julgam mais importante do que a notícia, do que o fato jornalístico. Ultrapassam  a barreira do bom senso. Se transformam em carrascos, em policiais, em juízes e, sobretudo em donos do monopólio da verdade. Chega a ser asqueroso. Cospem rancor, ódio e vingança. Patrulham o legítimo esclarecimento. Nessa linha, O Globo e a Tv-Globo cumprem com eficiência a ordinária missão de criminalizar e satanizar o deputado Eduardo Cunha. Cito uma marcante e incontestável evidência da má-fé do pretensioso canal com relação a Eduardo Cunha. Abrindo espaço para falar da entrevista coletiva de Cunha, o jovem repórter, seguramente   já uniformizado e escolado com as lições de leviandade da emissora, anuncia que ouviu deputados para repercutir a entrevista de Cunha. Pasmem: o mancebinho com barba rala e engravatado realmente  ouvir 5 parlamentares. Todos desafetos de carteirinha de Cunha. É patético se não fosse torpe e vergonhoso. Que jornalismo é esse? Bradaria Francelino Pereira. Até as pedras das ruas sabem que o contraditório tem lugar destacado em qualquer notícia. A pretensiosa Globonews ofende a inteligência do telespectador. Como o Jornal Nacional, insiste em manipular a consciência do cidadão. Quando se fingem de isentos ou exibem uma falsa indignação é porque estão visando tirar o couro de alguém. Tenho ânsia de vômito. Vergonha de ser jornalista. Desprezo todos  que na ânsia e preocupação de manter seus empregos, relegaram e cospem no principal objetivo do verdadeiro jornalismo: o dever e a obrigação de relatar a verdade.

Conti

Quer conhecer um sórdido e picareta, que  já nasceu  covardão, patife e ordinário? Coloque estes ingredientes no liquidificador. Misture com lixo hospitalar, urina, lama, fezes,   e ratos  de esgoto. Deixe bater alguns segundos. O resultado será claro e imediato:  um copo transbordando  de Mario Sergio Conti. Um dos mais repugnantes  pulhas da imprensa. Conti é o safado que forjava entrevistas e matérias na pornográfica Veja. Com  o objetivo vil de constranger quem não seguia a imunda cartilha dele, e para mostrar  serviço aos patrões, sabujos dos poderosos de plantão.  É o mesmo venal e descarado Mario Sergio Conti que “entrevistou” no avião o treinador Felipão. Alguns jornais cairam na trapaça do”importante jornalista”. Inclusive  a Folha de São Paulo, onde Conti “escreve” artiguetes levianos, pretensiosos  e mentirosos. Só que descobriu-se que tratava-se de um sósia de Felipão. De onde se deduz que o jornalismo brasileiro chegou perto do fosso da irresponsabilidade. Por higiene os bolorentos textos do verme Mario Sergio Conti  deveriam ser dados aos porcos, como restos de comida. Conti se acha culto e malandro. Não passa de reles adesista. Comprado por um pão velho. A recente porcariada de Conti, “Cunha e Collor são luxo só”, mostra bem como Conti é repulsivo e mau caráter.  Quem como ele enxovalha os outros, não merece o respeito de ninguém. Mario Sergio Conti é um irrecuperável imbecil. Miserável parido no meio fio da sarjeta. Não respeito canalhas como Mario Sergio Conti que agridem os outros sem provas. Conti não cheira, fede. Não cobra, faz o preço. Não argumenta, relincha. Não anda, rsteja.  Conti   deveria procurar um médico. Tentar curar suas diarréias mentais, convulsões na alma e cólera no sangue apodrecido e fedorento.

Bons ventos com Tite

A reconciliação Tite-CBF-Marco Polo Del Nero é valiosa, saudável e oportuna para o renascimento do futebol em geral e, da seleção, em particular. Ventos de otimismo surgem no horizonte, com a expectativa  de trabalho determinado e união de esforços . A trajetória de Tite mostra que o treinador tem vocação para o sucesso. É pé-quente e carismático. Com  Tite o torcedor voltará a confiar na seleção, levando entusiasmo e alegria aos estádios. Nessa linha, o eterno timeco dos pregoeiros do caos não terá espaço para azarar o trabalho  de Tite. Quem não quiser ajudar a seleção, que pelo menos não atrapalhe. Com a surrada e amarga ladainha dos parasitas e pessimistas.

Suframa modernizada  e dentro da lei

A Lei de Informática deu às empresas aderentes a possibilidade de destinar 5% do que pagam em impostos em pesquisa e desenvolvimento. O controle sobre isso sempre foi precário. Desde o início de 2015, a Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa) decidiu se empenhar para garantir que os recursos destinados a este setor sejam efetivamente aplicados. Para tanto, a autarquia realizou uma reformulação interna na Coordenação Geral de Gestão de Tecnológica (Cgtec), responsável pela análise dos Relatórios Demonstrativos (RDs) emitidos pelas empresas incentivadas. A superintendente Rebecca Garcia garantiu a revisão dos marcos regulatórios e a desburocratização na sistemática de apresentação, análise, aprovação e acompanhamento de projetos de empresas que produzem bens de informática. O Conselho de Administração aprovou, em maio, a Resolução nº 71, que criou uma regulamentação específica para os investimentos compulsórios em P&D, definindo critérios objetivos nas análises dos relatórios, tratando as empresas de forma igual e definindo um rito processual único, que pode levar à diminuição de conflitos de entendimentos entre a autarquia, empresas e Instituições de Ciência & Tecnologia. Criou-se ainda um Grupo de Trabalho de Apoio à superintendente para análise de recursos administrativos sobre P&D. Resultado disso: o Tribunal de Contas da União parabenizou a Suframa pelos mecanismos de controle que utiliza para fiscalizar as contrapartidas.

Terrorismo nas olimpíadas?

Com a redemocratização do País após os governos militares, com as extinções do Serviço  Nacional de Informações e dos Ministérios Militares, e com a ascensão ao Poder de elementos que combateram a Revolução de 1964, a preocupação relativa ao terrorismo foi relegada a plano secundário.

Basta  dizer que um dos últimos atos da Presidente DILMA, ex- guerrilheira, foi eliminar o Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República (GSI/PR) e subordinar a tradicional Casa Militar a um ministro civil.

O ITAMARATY sempre considerou o Hezbollah e o Hamas como partidos legítimos e ambos têm grande influência na comunidade árabe em nossa tríplice fronteira com o PARAGUAI e a ARGENTINA.

Por pressão de organismos internacionais e às vésperas das Olímpiadas, o terrorismo só foi disciplinado pela Lei 13620, de 16 de março de 2016.

Porém, a Agência Brasileira de Inteligência (ABIN) sempre se preocupou com a possibilidade de infiltração de terroristas no BRASIL, considerado por serviços secretos de vários países como campo fértil para ações deletérias, pelo gigantismo, vulnerabilidades, contrastes sociais e liderança na AMÉRICA LATINA.

Convém ressaltar que o “Minimanual do Guerrilheiro  Urbano”, conhecido internacionalmente, é de autoria de CARLOS MARIGHELLA.

Vários suspeitos têm sido monitorados  pela Polícia Federal e pela ABIN. Um deles radicou-se em SÃO PAULO  após ter participado de atentado que matou 62 pessoas no EGITO, em 1997, tendo sido  pedida a sua extradição. Um terrorista espanhol foi preso no RIO DE JANEIRO. Um outro, sunita, o foi em SANTA CATARINA. Um libanês foi preso em SÃO PAULO por coordenar uma célula de recrutamento para a Al Qaeda e seus parceiros divulgavam imagens na Internet do Estado Islâmico(EI) fazendo execuções de prisioneiros e preconizando a expansão do terrorismo. Um argelino, naturalizado francês, foi condenado a cinco anos de detenção por planejar atividades terroristas na FRANÇA e, posteriormente,  tornou-se professor na UFRJ. Recentemente, 72 sírios” viraram” brasileiros após aplicarem golpe em cartório no RIO DE JANEIRO, podendo ser a ponta de um iceberg terrorista. Agora, outro sírio que esteve preso em GUANTÂNAMO adentrou em nosso território vindo do URUGUAI.

A ABIN acaba de confirmar a troca de mensagens, em português,entre  radicais do EI. É a abertura de uma nova frente de propaganda e de doutrinação através de aplicativo em celular. Existem fortes indícios de um brasileiro de origem árabe liderar a convocação de nossos jovens para a causa extremista. Uma estudante paranaense, de 20 anos,convertida ao islamismo está desaparecida. Um universitário de CHAPECÓ/SC teria se especializado na SÍRIA em cidade dominada pelo EI.

Os “lobos solitários” têm sido atraídos para implantarem o terror no mundo. Assim o foi, também ,com  OMAR MATEEN que matou 49 pessoas e feriu 53 na boate gay em ORLANDO, no maior atentado a tiros da história dos ESTADOS UNIDOS conduzido por um só terrorista.

O Secretário de Segurança do RIO DE JANEIRO afirmou que o assassinato do traficante brasileiro JORGE TOUMANI em PEDRO JUAN CABALLERO poderá incrementar a criminalidade em nosso País. Ele havia substituído FERNANDINHO BEIRA MAR  e existe no PARAGUAI, há vários anos , uma facção de SÃO PAULO pronta para nos contaminar com drogas e armamento pesado.

Ao mesmo tempo, falta de tudo para nossos órgãos de Segurança Pública. Helicópteros estão parados por falta de manutenção e combustível.A situação das Delegacias é caótica em termos  de viaturas,armamento e munição, inexistindo, até, material de expediente para registro de ocorrências.

O Governados DORNELLES acaba de decretar estado de calamidade pública devido a crise financeira e teme o “colapso total” na saúde, educação e segurança, não havendo recursos para honrar compromissos assumidos para a realização das Olimpíadas e Paraolimpíadas.

Diante deste quadro, não haveria melhor alvo para os bárbaros do EI desencadearem suas ações de repercussão internacional.

O Ministro da Justiça, ALEXANDRE DE MORAES, tranquilizou a população e declarou, inclusive, que 83 agentes de diferentes países atuarão nas Olimpíadas e que “não haverá risco”.

Também torcemos para o êxito integral de tão importante evento esportivo  internacional mas não podemos  descuidar da adoção de medidas preventivas e do meticuloso planejamento para a repressão em caso de necessidade.

A Unidade de Comando é de fundamental importância no emprego das Forças Singulares, das de Pacificação e de Segurança Pública.

As tropas militares no desempenho de ações policiais deverão ter respaldo legal e Poder de Polícia.

A Força Pública Estadual deverá receber os recursos necessários para atender a tantas demandas.

A Guarda Municipal e as empresas de segurança  privada também deverão ser judiciosamente empregadas.

O nome do BRASIL está em jogo! Já bastam as notícias degradantes que mancham nossa imagem no exterior  diariamente.  (Diógenes Dantas Filho – Coronel Forças Especiais/Consultor de Segurança)

 

vicente limongiPor Vicente Limongi Netto, é jornalista e servidor aposentado do senado. Trabalhou no O Globo, TV-Brasilia e Última Hora- Brasilia. Foi assessor de imprensa da CNA, UnB e Suframa. É sócio da ABI há 40 anos.