Análise – Plano Real é case da economia mundial

”…O Plano Real chegou para dominar o dragão da inflação, recolocando o Brasil nos trilhos do desenvolvimento” Comemora-se neste dia 1º de julho a chegada da moeda do Plano Real. São 25 anos de uma feliz história da economia brasileira e um case da economia mundial. Em 1994, eu estava ao lado de FHC quando, …

02/07/2019 03:19



”…O Plano Real chegou para dominar o dragão da inflação, recolocando o Brasil nos trilhos do desenvolvimento”

Comemora-se neste dia 1º de julho a chegada da moeda do Plano Real. São 25 anos de uma feliz história da economia brasileira e um case da economia mundial.

Em 1994, eu estava ao lado de FHC quando, em Poços de Caldas, entramos no Banco do Brasil para efetuar a troca do dinheiro que tínhamos na carteira. Já estávamos em plena campanha eleitoral, uma jornada incrível que o conduziu à presidência da República.

Após um período de transição, o da URV (Unidade de Referência de Valor), quando chegou a cédula do Real a população saiu da incredulidade para a euforia. Como que por mágica, a inflação havia acabado. Não, não fora nenhuma mágica, mas sim uma estratégia exitosa, conduzida por brilhantes economistas, de zerar a inflação inercial, e indexada, que dominava a economia brasileira.

Tive o privilégio de testemunhar a construção do Plano Real, à época que FHC era ministro da Fazenda, e eu chefiava o escritório oficial de São Paulo. Nenhuma participação tive na formulação do plano, mas acompanhei de perto, muitas vezes agendei, as infindáveis reuniões que aquela turma fazia, quase sempre escondida da imprensa.

O papel de FHC foi o de liderar uma equipe, que ele mesmo formara, mas era diversa, e contava ainda, por fora, com os palpites do José Serra. Houve momentos de tensão, de disputas teóricas, desencontro de ideias, que foram arbitrados por FHC com sua serenidade peculiar, sua sociologia do conhecimento e sua liderança política.

Ainda ministro, despendia horas, todos os dias, no trabalho de convencimento de políticos, de esclarecimento da opinião pública, valorizando a transparência de sua formulação. “Nenhum pacote virá mais da noite para o dia (como todos os planos anteriores) mudando a vida das pessoas. Tudo será feito às claras”. E cumpriu sua promessa. Sem sobressaltos, sem golpes econômicos, o Plano Real chegou para dominar o dragão da inflação, recolocando o Brasil nos trilhos do desenvolvimento. Uma história sensacional de sucesso.

Por Xico Graziano para o Poder360