Opinião – Um conservador integral

”Até hoje esse conservador e amigo em tempo integral faz parte do cotidiano nacional com desenvoltura tida em poucos do seu tempo”, reverencia o autor  Em tempos de reclusão por conta da pandemia, nada melhor que abraçar boas leituras. Li e reli obras do respeitado jornalista e conceituada figura pública Aristóteles Drummond, um brasileiro em …

20/08/2020 13:48



”Até hoje esse conservador e amigo em tempo integral faz parte do cotidiano nacional com desenvoltura tida em poucos do seu tempo”, reverencia o autor 

Em tempos de reclusão por conta da pandemia, nada melhor que abraçar boas leituras. Li e reli obras do respeitado jornalista e conceituada figura pública Aristóteles Drummond, um brasileiro em tempo integral.

São páginas e páginas de muita inteligência, charme, cultura e fervor pelas amizades e pela dignidade. Uma mineirice aliada com o sabor carioca, fazem das escritas do jornalista um bálsamo aos olhos do leitor.

Com artigos frequentes publicados nos principais jornais e sites brasileiros, Drummond exerce sua paixão pelo jornalismo e pela seriedade das palavras.

Refinado e de extremo bom gosto, católico fervoroso e dedicado aos valores da família e da amizade, fez referência aqui e lá fora como ser humano, escritor, jornalista e homem público.

Drummond costuma dizer: ”O que é verdade, sempre aparece”

Intelectual, esteve até o fim ao lado de Francisco Negrão de Lima e Roberto Campos. Serviu ambos como amigo sem rasuras. Amigo dos militares expostos em seus textos como responsáveis pelo avanço das telecomunicações e obras de magnitude, cultua até hoje admiração e respeito de todos.

Vez ou outra teve dissabores com quem imaginava ser leal e correto. Sem delongas, explicitou em suas obras quem era quem por trás da máscara.

A política, a cultura e o empreendedorismo passam pelo seu escritório no centro do Rio de Janeiro e em seu elegante e amplo apartamento onde recebe regularmente para almoços pontuais, líderes nacionais.

Isso tudo é um mix de raridades nos tempos de hoje. Preservar tudo aquilo que construiu durante uma vida, seja em amigos e em conquistas profissionais , não é nada fácil.

Aristóteles Drummond preserva, enaltece e registra. Ter na família um escudo contra adversidades e nos amigos a mão protetora, nada mais é que religiosidade plena.

A doçura com que escreve seus textos e com requintes de finesse aos citados, comprovam que o amigo dos amigos é uma referência e um acontecimento. Por onde passou , deixou uma marca de fidelidade aos bons princípios.

Até hoje esse conservador e amigo em tempo integral faz parte do cotidiano nacional com desenvoltura tida em poucos do seu tempo.

Ser um amigo das letras é pouco para ele. Aristóteles Drummond é amigo de um dicionário onde cada palavra tem o som de lealdade, devoção e espírito público . O resto ele construiu na trajetória iluminada ao longo da vida.

 

 

 

 

 

Por João Carlos da Silva