Dutrinha – Com alto índice de custo benefício obra vai oxigenar região do Porto

Somando-se todas as etapas da reforma ao processo de aquisição de bens permanentes e mobiliário, o orçamento total foi de cerca de R$2 milhões

28/01/2021 11:23



Obra com alta economia aos cofres
Orçamento total em R$ 2 milhões
Dignidade aos atletas e população
Obra revitaliza região tradicional

O vice-prefeito, José Stopa, avaliando o projeto da reta final da obra.

O estádio Eurico Gaspar Dutra, o Dutrinha vai ganhar estacionamento. O projeto foi elaborado pela Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer e será executado em parceria com a Secretaria de Obras, Empresa Cuiabana de Limpeza Urbana (Limpurb) e Mobilidade Urbana (Semob). O espaço terá capacidade para 96 veículos, sendo cinco vagas para idosos e duas para cadeirantes, em uma área total de 2862 m².

Somando-se todas as etapas da reforma ao processo de aquisição de bens permanentes e mobiliário, o orçamento total foi de cerca de R$2 milhões. Todo o investimento foi realizado exclusivamente pelo Município via Fonte 100.

“Estamos trabalhando arduamente para finalizar o Dutrinha. Foi u m longo caminho que chega na reta final. Conseguimos também ar condicionados para os vestiários, garantindo mais conforto aos nosso atletas”, declarou o secretário-interino de Cultura, Esporte e Lazer, Luiz Cláudio Sodré.

Em reunião na última terça-feira (26), o vice-prefeito José Roberto Stopa garantiu a realização do calçamento pela Secretaria de Obras, uma das últimas etapas para a finalização do Dutrinha. Desde o dia 13 de janeiro o estádio passa pela etapa de calçamento, pintura e sinalização externa, procedimentos que preparam para a entrega oficial do equipamento no aniversário de Cuiabá deste ano.

“O que estiver ao nosso alcance será feito para a entrega do estádio para comemorações do aniversário de Cuiabá, como determinou o prefeito Emanuel Pinheiro. Já realizamos o calçamento e 3estamos a postos para auxiliar no que for necessário para a conclusão desta grande obra para o esporte cuiabano”, enfatizo u o vice-prefeito de Cuiabá, José Roberto Stopa.

A reforma teve início em fevereiro de 2019 e foi dividida em três etapas: a primeira compreendeu a readequação de todo o espaço, atendendo a medidas de segurança e acessibilidade. A segunda etapa foi a mudança de posicionamento dos postes de iluminação e a troca do gramado. Enquanto que a terceira etapa foi a construção do novo muro e modernização dos vestiários.

Em abril de 2019, iniciou-se a segunda etapa. A Secretaria de Serviços Urbanos iniciou a retirada do gramado para a implantação do sistema novo de drenagem e irrigação, que vai diminuir os custos de manutenção e consumo de água. O novo gramado é padrão grama Esmeralda. Para garantir iluminação adequada para jogadores, torcida e também para transmissão em veículos de comunicação, os postes foram realocados e foi instalada iluminação LED para garantir a qualidade para a torcida e para a transmissão dos jogos.

Com a reforma dos vestiários, a obra entrou em sua terceira etapa de execução. O espaço privado aos jogadores recebeu grama sintética, com espaço para concentração e aquecimento e banheiros com chuveiros. Nesta fase, o muro também foi reconstruído e o outro lado do campo também recebeu atenção. A segunda arquibancada ganhou sustentação nova, assim como a bilheteria C e os banheiros e a lanchonete ao lado também foram reformados.

No Dutrinha a história também terá espaço. Uma das salas da estrutura será transformada em um Museu do Futebol para reverenciar os atletas da terra e eternizar os grandes lances da trajetória do futebol cuiabano e mato-grossense.

 

 

 

 

Da Assessoria por Naiara Leonor