Clima Ameno – EUA anunciam ações em prol da pandemia de Covid-19 no Amazonas

Ação mostra bons ânimos entre os dois países após imbróglios das eleições e postura de Bolsonaro

29/01/2021 12:39



Postura eleitoral não influenciou
Embaixada divulga medidas
Compra de insumos hospitalares
Doação a programa da Fiocruz

O governo dos Estados Unidos anunciou nessa 5ª feira (28.jan.2021) medidas de auxílio ao combate da covid-19 no Amazonas. Entre as ações está a compra de insumos hospitalares.

Mesmo com os posicionamentos indelicados por parte do presidente Jair Bolsonaro aos resultados das eleições, a embaixada não hesitou em se sensibilizar com o caos naquele estado.

Segundo nota divulgada no site da embaixada norte-americana no Brasil, a Usaid (Agência dos EUA para o Desenvolvimento Internacional) se juntou aos grupos +Unidos, PPA (Plataforma Parceiros pela Amazônia) e UNA+ em uma iniciativa chamada “Juntos Pelo Amazonas”. Até o momento, forram arrecadados R$ 300 mil em doações diretas.

Por meio da iniciativa, foram doados equipamentos de proteção aos trabalhadores da área de saúde do Amazonas e R$ 1,6 milhão para o programa “Unidos Contra a covid-19” da Fiocruz (Fundação Oswaldo Cruz). O valor será destinado à construção de usinas de produção de oxigênio.

Desde o início da pandemia da covid-19, o governo dos EUA tem se comprometido em ajudar os amigos brasileiros”, lê-se na nota.

Com a escassez de oxigênio no Estado, a Embaixada dos EUA adotou uma abordagem estratégica para ajudar a desenvolver soluções de curto e longo prazo para a produção local de oxigênio. Estamos trabalhando com parceiros brasileiros e norte-americanos para oferecer diferentes tipos de apoio às instalações médicas e aos residentes do Amazonas.

A embaixada dos EUA disse que o governo norte-americano e o setor privado do país já disponibilizaram aproximadamente US$ 75 milhões para diversas iniciativas, como doação de equipamentos de saúde, alimentos, produtos de higiene e proteção individual.

Segundo a embaixada, o ONR (escritório de Pesquisa Naval Global dos EUA) ofereceu uma bolsa de pesquisa de cerca de R$ 1 milhão para produzir ventiladores hospitalares de baixo custo –40 deles já foram enviados a Manaus.

Além de US$ 13,8 milhões como parte do apoio dos EUA no combate à covid-19, o governo dos EUA também doou ao governo do brasileiro 1.000 ventiladores pulmonares para a distribuição em locais com mais demanda – equipamentos essenciais para o fornecimento de oxigênio aos pacientes hospitalizados”, declarou a embaixada.

 

 

 

 

Da Redação com informações da Assessoria