Obras Públicas – Prefeitura pressiona e Águas Cuiabá promete reparos em até 60 dias

É preciso além da cobrança, fazer um acompanhamento da qualidade desses danos asfálticos

08/02/2021 13:29



Águas Cuiabá deixa ‘rastros destruição’ por onde passa
Empresa precisa ter compromisso com qualidade nos reparos
Prefeitura precisa monitorar qualidade desses serviços
População não está contente com Águas Cuiabá

Trecho na Carmindo de Campos, próximo ao Shopping Popular: reclamações da sujeira, prejuízos e acidentes são constantes

Após seguidas cobranças feitas pela Prefeitura de Cuiabá, a concessionária Águas Cuiabá se comprometeu a concluir, em um prazo de 60 dias, todos os serviços relacionados a recomposição de pavimento ainda pendentes na cidade. De acordo com a empresa, um plano específico para essa atividade já foi montado, como o objetivo de aumentar a capacidade de prestação de serviço com qualidade.

A pedido do prefeito Emanuel Pinheiro, a missão de garantir a melhora nesse tipo de trabalho tem sido cumprida pelo vice-prefeito e secretário de Obras Públicas, José Roberto Stopa. Já em janeiro deste ano, Stopa intensificou a cobrança à concessionária, por meio de reuniões e também com formalização de notificações pela falta da execução do reparo viário nas intervenções de responsabilidade da empresa.

Segundo o vice-prefeito, as medidas foram adotadas para assegurar que, após as escavações para obras de saneamento básico, o serviço de reparo nas vias atingidas sejam realizado de forma célere. Ele explica que a não reconstrução do pavimento, com a devida qualidade e de forma imediata, pode acarretar em prejuízos e riscos aos condutores que trafegam pelas regiões contempladas pelas obras.

“Na última semana tivemos uma reunião com o diretor-presidente da Arsec, Alexandro de Oliveira, que também se comprometeu a nos ajudar nessa fiscalização. Volto a repetir que é impossível não reconhecer os investimento aplicados e os avanços conquistados no saneamento. Todavia, existe essa situação a ser melhorada e enquanto isso não ocorrer vamos continuar cobrando”, comenta o vice-prefeito.

A Águas Cuiabá destaca que o plano elaborado conta com ações como: criação de um setor específico para controle de qualidade e de execução dos pavimentos; contratação de equipe técnica para fiscalização; intensificação de treinamentos; montagem de laboratório móvel para controle de qualidade; realização de ensaios técnicos; e contratação de empresa específica para execução dos serviços.

A concessionária justifica que, por conta no aumento de intervenções para reduzir as perdas existentes no sistema de abastecimento de água, a partir de julho de 2020, as demandas de recomposição asfáltica igualmente cresceram consideravelmente. Conforme ela, a quantidade de ordens de serviço no segundo semestre de 2020 representa 64% do total expedida no mesmo ano.

“Zerar essa demanda de reparo no asfalto ainda pendente é o primeiro passo. A partir disso, acredito que esse plano pode ajudar muito no aperfeiçoamento dessa atividade. Mas, é claro que vamos continuar fiscalização para ver se tudo isso será aplicado na prática e se os resultados serão satisfatório”, pontua Stopa.

 

 

 

 

Da Redação com informações da Assessoria