“Indicadores do Banco Central mostram que o suporte à liquidez e ao crédito no Brasil para enfrentamento da pandemia foi superior às práticas dos pares emergentes. A redução do valor das transferências e a própria extinção do benefício em 2021 fará do crédito uma variável chave para sustentar a recuperação da economia”, diz Carlos Thadeu

”Pandemia acelerou digitalização; não se voltará à vida anterior; Brasil lidera empreendedorismo”, analisam os autores

”Se Guedes não assumir essa responsabilidade, ele se verá montado sobre uma crise fiscal e social, com país sem crescimento e sem confiança externa”, diz autor

”Objetivos continuarão os mesmos, mas formas de alcançá-los mudarão”, pontua o autor

É o que analisa Carlos Thadeu de Freitas Gomes

Salário dia 30; diárias reajustadas; 13º adiantado e melhor estrutura, são sinalizados como avanços aos servidores

O benefício foi prorrogado, mas passará de R$ 600 para R$ 300: ”efeitos do fim do auxílio são incógnita. Não se sabe como a população reagirá”, diz autor

”Ideias para governos autoritários. CPMF e desoneração não se casam. Da proibição ao aval em um ano. Planos de Guedes podem, antes de dar errado, causar estragos à sociedade”, alerta Kupfer

Pagamento de R$ 600 mensais através do auxílio emergencial foi uma das medidas adotadas pelo governo para minimizar os impactos econômicos da pandemia de covid-19

”Reforma tributária pode permitir redução de desigualdades regionais. IVA pode tirar poder dos Estados mas fundo pode reduzir desigualdade”, diz vice-presidente do Comsefaz

O ministro Paulo Guedes em sessão na Câmara onde entrou em conflito com deputados, em 2019: ”Pede-se programa eleitoral mas ideia não cabe no Orçamento”, destaca Traumann

O ministro Paulo Guedes (Economia) durante evento no Palácio do Planalto: ”Regra se mostra inexequível; não adianta elevar receitas; controlar gastos reforça democracia”, aponta Kupfer