Investimentos para MT estão previstos no PAC 2

O Governo Federal deverá lançar, nos próximos meses, a segunda versão do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento), que vai abranger investimentos milionários em infra-estrutura, saneamento e outros setores. A informação partiu da ministra chefe da Casa Civil, em discurso no Palácio Paiaguás, após assinar convênios com o governador Blairo Maggi (PR), referentes ao programa …

24/02/2010 11:46



Ferrovia de MT está entre as possibilidades de investimento do PAC 2

O Governo Federal deverá lançar, nos próximos meses, a segunda versão do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento), que vai abranger investimentos milionários em infra-estrutura, saneamento e outros setores.

A informação partiu da ministra chefe da Casa Civil, em discurso no Palácio Paiaguás, após assinar convênios com o governador Blairo Maggi (PR), referentes ao programa “Minha Casa Minha Vida”, ontem (23).

No planejamento que está sendo feito, em conjunto com o Ministério das Cidades, há a possibilidade de ser incluída a Ferrovia Vicente Vuolo, cujo eixo de 112 quilômetros vai ligar Cuiabá a Rondonópolis.

Hoje, estão sendo executadas as obras num trecho de 220 km, entre as cidades de Alto Araguaia, onde já existe um terminal ferroviário da América Latina Logística (ALL).

“O Brasil está no caminho da transformação e esperança. A segunda versão do PAC prevê grandes investimentos, devemos estudar possibilidades para desenvolver ainda mais diversas regiões deste país. A ferrovia que liga Rondonópolis a Cuiabá está nesse contexto. Outra proposta é a ferrovia transcontinental que liga Uruaçu a Vilhena (RO)”, disse a ministra.

Dilma Roussef reconheceu, ainda, que a execução das obras do PAC sofrem intervenções que comprometem um andamento mais célere, e citou o Tribunal de Contas da União (TCU) e o pagamento de projetos executivos que devem ser pagos pelos municípios. No entanto, destacou que o esforço do Governo Federal deve ser reconhecido.

“Temos que olhar sem paixão e ter clareza do esforço que estamos fazendo. Não havia projetos no Brasil e tivemos que elaborá-los. Já aplicamos R$ 400 bilhões de investimentos em obras e não olhamos a filiação partidária de ninguém. Um Brasil mais desenvolvido passa por uma relação republicana dos governantes”, argumentou.

Vitória

O presidente do Fórum Ferrovia em Cuiabá, vereador Francisco Vuolo, comemorou o anúncio da ministra Dilma Roussef. “É uma vitória que conseguimos, depois de tanto lutar pela Ferrovia. Já está sendo feita a obra que liga Alto Araguaia a Rondonópolis, e a conclusão do trecho Rondonópolis-Cuiabá materializa uma série de ações que vai acontecer por conta da Copa do Mundo. Será a garantia da continuidade do desenvolvimento econômico da Baixada Cuiabana”, destacou.

Vuolo ainda elogiou o Governo Federal pela iniciativa. “Isso mostra que o presidente Lula e a ministra Dilma Roussef tem uma visão ampla das atribuições do Estado e visam, de forma séria e comprometida, ao desenvolvimento do país”, afirmou.

O Fórum Ferrovia em Cuiabá surgiu em 2004 e é composto por uma série de órgãos do setor produtivo. A proposta de conclusão do trecho foi oficializada à ministra Dilma Roussef, numa reunião no Palácio Paiaguás, após a assinatura dos convênios.

O governador Blairo Maggi também elogiou a proposta do Governo Federal. “A ferrovia é uma obra considerada essencial para Mato Grosso e o resultado desta parceria com o Governo Federal é o benefício a população”, disse.

(Fonte: Midia News)