Acerte as contas e receba a restituição do IR mais cedo

Entregar a declaração do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF) no início do prazo dado pela Receita Federal traz vantagens para o bolso: quanto mais cedo o contribuinte acerta as contas com o Fisco, mais rapidamente recebe o dinheiro da restituição. Vai ficar um pouco mais simples prestar contas ao governo. Sócios de empresas por …

27/02/2010 11:03



Este ano há novas regras para a declaração do Imposto de RendaEntregar a declaração do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF) no início do prazo dado pela Receita Federal traz vantagens para o bolso: quanto mais cedo o contribuinte acerta as contas com o Fisco, mais rapidamente recebe o dinheiro da restituição.

Vai ficar um pouco mais simples prestar contas ao governo. Sócios de empresas por exemplo, muitos nao serão mais obrigados a fazer a declaração, e reduzindo o número de declarantes a Receita Federal acredita que vai acelerar a análise dos documentos de quem cai na malha fina e assim as restituições podem ser liberadas mais rapidamente. A prioridade do governo vai ser o acompanhamento dos grande contribuintes

Para o coordenador de imposto de renda da consultoria IOB, Antônio Teixeira Bacalhau, uma boa alternativa é separar todos os documentos e informações necessárias para estar com tudo pronto já em 1º de março. “Quem já tiver tudo em mãos é melhor entregar logo. O primeiro lote de restituição começa já em junho.”

Número do recibo

A informação à Receita do número do recibo da declaração será opcional em 2010, podendo o contribuinte informar ou não. Entretanto, leva vantagem quem informar o dado.

A Receita Federal dará prioridade na análise e restituição do imposto para quem completar este campo. Além disso, a informação garante mais segurança ao contribuinte, pois impede que outra pessoa envie declaração com seu CPF.

(Fonte: G1)