Intensifica-se os preparativos para a campanha de Wilson Santos

Os preparativos para a eleição 2010 começam a ser intensificados dentro do PSDB Mato Grosso. Mesmo sem a definição do nome de Wilson Santos para a disputa das majoritárias, neste sábado (27), líderes do partido de Cuiabá e Várzea Grande reuniram-se para o que foi denominado de “processo pedagógico”. Uma espécie de formação interna para …

28/02/2010 13:54



O enontro aconteceu no Hotel Fazenda Mato Grosso

Os preparativos para a eleição 2010 começam a ser intensificados dentro do PSDB Mato Grosso. Mesmo sem a definição do nome de Wilson Santos para a disputa das majoritárias, neste sábado (27), líderes do partido de Cuiabá e Várzea Grande reuniram-se para o que foi denominado de “processo pedagógico”. Uma espécie de formação interna para a pré-campanha de Santos.

O objetivo do encontro, segundo a presidente regional da sigla, deputada federal Thelma de Oliveira, era munir a base com informações sobre a gestão do prefeito Wilson Santos, que disputa com o senador Jaime Campos (DEM) a pré-candidatura ao governo do Estado.

“Neste primeiro momento queremos informar e tirar dúvidas sobre a atuação de Wilson na administração de Cuiabá”, explica Oliveira. “Vence quem estivar mais informação. Quem tiver mais preparação e qualidade nesta preparação”, acrescentou o prefeito, comparando os participantes do encontro a um epicentro capaz de multiplicar dados gerando uma “verdadeira onda PSDB”.

Cerca de 600 filiados participaram do encontro. Os tucanos foram distribuídos em grupos temáticos com os assuntos saúde, desenvolvimento humano, educação e infra-estrutura.

Indagado se o momento para “informar” a base não seria tardio – visto que o resultado da pesquisa de opinião que indicará o nome para disputar o pleito deve sair nos próximos 10 dias – Santos negou, dizendo que este é o momento certo para fazer a prestação de contas à sociedade. De acordo com os tucanos, os planos de governo só serão debatidos após a definição do pré-candidato.

Sobre a hipotética candidatura, Santos diz aguardar tranquilo a conclusão da pesquisa e não polpa referências cristãs no discurso. “Estou sereno. Que seja feita a vontade de Deus. O que tiver que ser será”, diz.

A próxima reunião da executiva tucana está agendada para terça-feira (2). A pauta será aliança e chapa proporcional.

(Fonte: Olhar Direto)