Novo estádio é um dos mais elogiados da Copa do Mundo de 2014

O projeto da Arena Multiuso, que vai substituir o Estádio Governador José Fragelli, o Verdão, em Cuiabá, é um dos mais elogiados, entre todos os que serão construídos com vistas à Copa do Mundo de 2014, no Brasil. Pelo menos é o que revela o blog “Primeira Mão”, no globoesporte.com. A avaliação é feita com …

28/02/2010 12:47



Projeto da Arena Multiuso do Verdão é considerada funcional e modelo inglês

O projeto da Arena Multiuso, que vai substituir o Estádio Governador José Fragelli, o Verdão, em Cuiabá, é um dos mais elogiados, entre todos os que serão construídos com vistas à Copa do Mundo de 2014, no Brasil. Pelo menos é o que revela o blog “Primeira Mão”, no globoesporte.com. A avaliação é feita com base e um estudo feito pela empresa inglesa Steer Davies Gleave, parceira da Fifa.

Os representantes da Delloit, escritório de arquietura que fez o projeto da nova arena do Verdão, segundo o estudo, seguiram todas as orientações dos ingleses, com base no caderno de encargos da Fifa. Mesmo assim, o estádio de Cuiabá não poderá receber jogos na segunda fase da Copa, devido à sua capacidade prevista, de 45 mil pessoas.

Além do Verdão, os estádios de São Paulo, Manaus, Natal, Fortaleza, Recife e Brasília são destacados no estudo. O próximo estádio da lista para a avaliação da empresa inglesa é a Fonte Nova, em Salvador. O Maracanã ainda não foi avaliado.

Grande parte das críticas da Fifa ao Morumbi, estádio do São Paulo F. C., se baseia em um estudo feito pela empresa inglesa. Ela, até agora, estudou os projetos de sete dos 12 estádios brasileiros que foram escolhidos para a Copa do Mundo de 2014. E o estádio paulista recebeu a pior avaliação, até o momento.

Arena Verdão

O novo projeto do Verdão prevê a construção de um estádio simples e funcional. A obra, que será erguida ao lado do Ginásio Poliesportivo “Aecim Tocantins”, contará com um amplo complexo para visitação, durante toda a semana. Parte das arquibancadas poderá ser desmontadas para que a arena ganhe mais espaço físico provisório.

A nova arena comportará 42,5 mil pessoas sentadas e acomodadas para os jogos do Mundial de 2014. O projeto prevê um estádio aberto e bem ventilado. O local será de múltiplo uso, para que, depois do evento, possa ser utilizado como centro de convenções, palco para shows, feiras, entre outros.

O complexo será construído no mesmo local da atual praça de esportes, no bairro Verdão, e contará com restaurantes, hotéis, estacionamentos, lagos, bosque, pista para caminhada.

A obra vai custar R$ 420 milhões. Os investimentos serão feitos com recursos do Governo de Mato Grosso, que possui um fundo especifico e que conta, atualmente, com R$ 100 milhões, e ainda investimentos da iniciativa privada.

(Fonte: Mídia News)