Robinho é destaque em sites de jornais europeus

A atuação de Robinho na vitória de 2 a 0 da seleção brasileira sobre a Irlanda na terça-feira, em Londres, não passou despercebida pela imprensa europeia. Com exceção de Portugal, cuja seleção enfrentará o Brasil na primeira fase da Copa do Mundo da África do Sul, o atacante do Santos foi muito elogiado por sites …

03/03/2010 11:57



Robinho comemora um dos gols do amistoso

A atuação de Robinho na vitória de 2 a 0 da seleção brasileira sobre a Irlanda na terça-feira, em Londres, não passou despercebida pela imprensa europeia. Com exceção de Portugal, cuja seleção enfrentará o Brasil na primeira fase da Copa do Mundo da África do Sul, o atacante do Santos foi muito elogiado por sites de jornais da Inglaterra, Espanha e Itália.

Para o “Times Online”, da Inglaterra, Robinho foi o toque de classe numa seleção pragmática: “Brasil funcional se levantou com toque de raro brilho de Robinho”. O site do jornal inglês ressaltou a presença do do técnico italiano da seleção inglesa: “Fabio Capello foi para o Emirates Stadium, na noite de terça-feira para assistir à equipe que ele considera a mais perigosa do mundo. Eles demoraram algum tempo para surgir, mas o Brasil, e Robinho, foram irresistíveis quando apareceram”.

O também inglês “The Sun” destacou muito a atuação de Robinho, afirmando na legenda de uma foto que “há samba”, e que o jogador ondulou em campo. No texto, “The Sun” afirma que o atacante redescobriu seu bom futebol após deixar o Manchester City e voltar para o Santos. O tablóide inglês também chamou a atenção para a presença de Capello no estádio.

Na Espanha, o “As”, da Espanha, destacou as atuações de Kaká e Robinho, dizendo que cada seleção dominou um tempo de jogo: a Irlanda, o primeiro, e o Brasil, a etapa final. O italiano “La Gazzetta dello Sport” sintetizou: “Robinho faz tudo: Brasil 2 x 0 Trap”. Trap é o apelido do técnico italiano da seleção irlandesa, Giuseppe Trapattoni. O jornal da Itália diz que o atacante do Santos mostrou que recuperou seu bom futebol e ressaltou também a presença dos jogadores brasileiros que atuam no país, Julio César, Lucio, Juan, Maicon e Felipe Melo, os que já atuaram lá, casos de Adriano e Kaká.

O site do jornal português “A Bola” ressaltou a participação no jogo de Ramires e Luisão, ambos do Benfica, e limitou-se a fazer um relato breve do jogo, definido como “sem grande história”. O “Record” foi na mesma linha: “Brasil vence Irlanda com Ramires no onze (titular)”. Para este jornal português, “o Brasil não precisou realizar uma grande exibição para superar a seleção irlandesa”.

(Fonte: Mídia News)