Sinop e Sorriso ‘disputam’ ZPE

A corrida em busca da implantação de uma Zona de Processamento de Exportação fomentando o desenvolvimento econômico regional pode estabelecer mais uma disputa entre duas das principais cidades da região Norte: Sorriso (destaque pelo potencial agrícola) e Sinop (importante polo da prestação de serviços) para saber quem terá, primeiro, uma unidade que proporcionará, por exemplo, …

09/03/2010 12:34



A ZPE proporcionará redução de impostos para empresas que exportam produtos

A corrida em busca da implantação de uma Zona de Processamento de Exportação fomentando o desenvolvimento econômico regional pode estabelecer mais uma disputa entre duas das principais cidades da região Norte: Sorriso (destaque pelo potencial agrícola) e Sinop (importante polo da prestação de serviços) para saber quem terá, primeiro, uma unidade que proporcionará, por exemplo, redução de impostos para empresas que exportam produtos. Recentemente, Sorriso entrou “na briga” pela ZPE quando a Comissão de Desenvolvimento Regional do Senado aprovou a criação da zona com o objetivo de reduzir as desigualdades regionais. O projeto ainda precisa ser votado na Comissão de Assuntos Econômicos, em decisão terminativa, e em plenário. Mas o primeiro passo já refletiu o entusiasmo da cidade. Já Sinop, que há cerca de um ano “engavetou” as discussões sobre a ZPE, esboça retomar as conversações com diferentes setores da economia. Distantes 80 quilômetros uma da outra as cidades almejam a implantação. Por outro lado, por estarem numa extensão próxima, apenas uma cidade deve ser contemplada com a ZPE. O secretário de Indústria e Comércio em Sorriso, Cláudio Zancanaro, reconhece que o interesse pelo mesmo empreendimento pode despertar a concorrência entre os municípios. Mas, em seu entender, isto é positivo e considerado um processo natural. “Não vamos chamar de rivalidade pois a busca por desenvolvimento é salutar. Criar uma competição é natural porque é um processo natural. Ela será bem vinda tanto para Sinop ou Sorriso. É claro que vamos lutar por Sorriso”, declarou o representante, ao Só Notícias. Zancanaro diz que de maneira geral a região será a principal beneficiada havendo a implantação da ZPE. Para o secretário, a posição geográfica das duas cidades as tornam propícias ao empreendimento. Quanto as ações já idealizadas por Sorriso para vencer tal corrida Cláudio Zancanaro diz que as primeiras consistem no fortalecimento político. “Até agora foram as direções políticas para que seja [o projeto] aprovado no Senado. Com a proposição de criar a ZPE estamos nos mobilizando para disponibilizá-la”, concluiu. A tradicional rivalidade entre os municípios é conhecida em diferentes áreas, a exemplo do esporte, economia e demais. Ano passado a situação voltou a se repetir quando as cidades disputaram o direito de sediar o centro de pesquisas da Embrapa Mato Grosso. Os investimentos atingem a casa dos R$ 15 milhões. O corre-corre em busca da empresa levou políticos, representantes de diferentes setores das duas cidades até Brasília, onde reuniões foram realizadas com o governo federal. Após vários diálogos, Sinop foi definida como sede da Embrapa. (Só Notícias)