Consórcio Santa Bárbara/Mendes Junior é responsável pelo novo Verdão

O consórcio Santa Bárbara/Mendes Júnior, formado pelas empresas Santa Bárbara Engenharia S/A e Mendes Júnior Trading e Engenharia S/A, acaba de registrar o menor preço para construção da “Arena Multiuso – Novo Verdão”. E é vencedor da licitação para construção da obra. A proposta do consórcio foi no valor de R$ 342 milhões, abaixo da …

10/03/2010 11:50



Maquete do novo Verdão

O consórcio Santa Bárbara/Mendes Júnior, formado pelas empresas Santa Bárbara Engenharia S/A e Mendes Júnior Trading e Engenharia S/A, acaba de registrar o menor preço para construção da “Arena Multiuso – Novo Verdão”. E é vencedor da licitação para construção da obra.

A proposta do consórcio foi no valor de R$ 342 milhões, abaixo da previsão inicial da Secretaria de Infraestrutura do Estado (Sinfra), que estimava o preço em R$ 420 milhões.

Agora, a Sinfra irá analisar os preços de cada item da proposta, que somam aproximadamente 1,7 mil itens. Para realizar esse procedimento, os técnicos da secretaria terão cinco dias. A previsão inicial, caso não haja contestações, é de que o resultado seja homologado na próxima semana.

Seis consórcios estavam na disputa licitatória. A abertura dos envelopes aconteceu na Sala de Licitações da Sinfra, com início às 8h30. O estádio será palco dos jogos da Copa do Mundo de 2014, a serem realizados na subsede de Cuiabá.

Os outros consócios habilitados eram: Kallas – Usiminas: Kallas Engenharia Ltda. e Usiminas Mecânica S/A; Construcap – Convap (Novo Verdão): Construcap – CCPS – Engenharia e Comércio S/A e Convap Engenharia e Construções S/A; Pantanal: Construtora Sanches Tripoloni Ltda. e Lotufo Engenharia e Construções Ltda.; Contern – Viero: Contern – Construções e Comércio Ltda. e Construtora Viero Ltda.

Novo Verdão

A empreiteira vencedora irá receber o projeto básico completo, envolvendo 52 tópicos de sua estrutura, que vão desde a iluminação do estádio à estrutura arquitetônica.

O estádio terá capacidade para 42,5 mil pessoas. Depois do Mundial, será utilizado como espaço para a realização de convenções, shows, feiras, entre outros eventos.

O complexo será construído no local que atualmente abriga o estádio Governador José Fragelli, o Verdão, no bairro do mesmo nome, e contará com total infraestrutura de restaurantes, estacionamentos, hotéis, lagos, bosque e pista para caminhada.

O primeira passo da obra será a demolição, que deve começar neste mês.

Os investimentos serão feitos com recursos da administração estadual. Além disso, o Governo estuda a possibilidade de contrair empréstimo do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

(Fonte: Só Notícias)