Cheques devolvidos alcançam menor nível desde 1997

O número de cheques devolvidos por falta de fundos chegou a 1,607 milhão em fevereiro no Brasil, o menor nível desde março de 1997, mês no qual foram devolvidos 1,419 milhão de cheques. Os dados foram divulgados nesta quinta-feira pela Serasa Experian. Considerando o número de cheques devolvidos em relação ao total de compensados, a …

18/03/2010 18:10



O número de cheques devolvidos por falta de fundos chegou a 1,607 milhão em fevereiro no Brasil, o menor nível desde março de 1997, mês no qual foram devolvidos 1,419 milhão de cheques. Os dados foram divulgados nesta quinta-feira pela Serasa Experian.

Considerando o número de cheques devolvidos em relação ao total de compensados, a taxa de fevereiro manteve-se estável em relação a janeiro, em 1,85%. É o patamar mais baixo em dezessete meses, desde setembro de 2008.

Em fevereiro, o Rio Grande do Sul caiu uma posição no ranking de inadimplência do índice e ocupa o 20º lugar, com 2,07% dos cheques devolvidos.

Segundo os economistas da Serasa Experian, o menor número de cheques devolvidos é consequência do crescimento econômico, em especial o registrado a partir do segundo semestre de 2009, que vem aumentando os níveis de emprego e de renda da população. Também exerce influência sobre o índice a redução do uso do cheque como forma de pagamento e financiamento, com a normalidade do mercado de crédito para o consumidor.

(FOnte: Zero Hora)