Erai disputará vaga ao senado

O PDT, como a Gazeta publicou com exclusividade, é um dos três maiores partidos (PPS, DEM e PDT) que devem protagonizar verdadeira disputa interna para definir como será sua participação no processo eleitoral deste ano. Depois de dois dias de boas noticias com a filiação do ex-procurador da República, Pedro Taques na sigla, marcada para …

29/03/2010 16:36



Erai Maggi tem reunião agendada com o ministro Carlos Luppi

O PDT, como a Gazeta publicou com exclusividade, é um dos três maiores partidos (PPS, DEM e PDT) que devem protagonizar verdadeira disputa interna para definir como será sua participação no processo eleitoral deste ano. Depois de dois dias de boas noticias com a filiação do ex-procurador da República, Pedro Taques na sigla, marcada para hoje pela manhã, com o intuito de disputar uma das duas vagas para o Senado, eis que uma nova reviravolta promete mexer com toda a situação partidária e com os destinos pedetistas.

Ontem, 28, o maior empresário do agronegócio do Brasil, Erai Maggi, primo de Blairo Maggi, anunciou que vai disputar pelo partido, o PDT uma vaga para senador e que inclusive já teria participado o presidente nacional do partido, o ministro Carlos Luppi de sua decisão. Erai e Luppi se reúnem na terça-feira, 30, em Brasília para discutir a questão. O PDT que apóia a candidatura de Dilma Roussef para presidência da República em Mato Grosso por questões políticas regionais tem levado o partido a apoiar o PSB do pré-candidato Mauro Mendes.

O problema é que para ter Taques como candidato ao Senado, Luppi teria hipotecado apoio à pré-candidatura de Mauro Mendes (PSB), postulação essa que destoa do momento nacional, pois, mesmo sendo da base governista do presidente Lula, o PSB tem candidato a presidência da República, na pessoa do deputado Ciro Gomes (PSB/SP), o que pode tanto ajudar quanto prejudicar a candidatura da petista Dilma Roussef.

(Fonte: A Gazeta)