Balança comercial de Mato Grosso supera o índice nacional no primeiro trimestre de 2010

Pela primeira vez nos últimos quatro anos, os números da balança comercial de Mato Grosso, neste primeiro trimestre de 2010 ultrapassa o superávit da balança comercial do Brasil. Outra novidade é que os produtos como açúcar, couro e ouro ganharam destaque no período de janeiro a março. Os dados foram divulgados, esta semana, pelo Ministério do …

14/04/2010 18:05



Pela primeira vez nos últimos quatro anos, os números da balança comercial de Mato Grosso, neste primeiro trimestre de 2010 ultrapassa o superávit da balança comercial do Brasil. Outra novidade é que os produtos como açúcar, couro e ouro ganharam destaque no período de janeiro a março. Os dados foram divulgados, esta semana, pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC).

Em 2007, a balança comercial do Brasil registrava nos três primeiros meses do ano US$ 8.727 bilhões e Mato Grosso apenas US$ 780 milhões. Em 2008 o país seguia com US$ 2.756 bilhões e o Estado com US$ 1.085 bilhões. No ano de 2009 o Brasil com 2.988 bilhões e Mato Grosso registrou US$ 1.728 bilhões. Já este ano, o país registrou US$ 892.348 milhões enquanto Mato Grosso US$ 1.742 bilhão, ou seja 2 vezes o valor registrado pelo Estado.

As vendas do açúcar cresceram 97%, passou de US$ 547.898 no ano passado para US$ 1.080.000 este ano. O couro subiu 81,9% passou de US$ 13.650.347 do ano passado para US$ 24.830.729 este ano. O ouro subiu 81,7% passou de US$ 13.650.347 para US$ 24.830.729.

No geral, as exportações mato-grossenses deste primeiro trimestre de 2010 também cresceram 8,07%, o que corresponde a US$ 1.961 bilhões, em comparação ao ano passado quando somaram US$ 1.815 bilhões. Igualmente, as importações aumentaram 154% no mesmo período, passando de US$ 86,32 milhões para R$ 219 milhões. Em consequência, o saldo da balança comercial de Mato Grosso fechou superavitária de US$ 1.742 bilhões. Com esse desempenho, Mato Grosso está entre os 8 principais Estados exportadores.

O Estado continua sendo líder nas exportações em relação a outros do Centro-Oeste com 61% o que corresponde a quase US$ 2 bilhões. O produto mais exportado é a soja que este período teve um leve crescimento de 2,73%. O bloco econômico que mais importa produtos mato-grossenses é o asiático que corresponde a 44% de todos os artigos importados. Faz parte do bloco a China, Tailândia, Indonésia, Japão e Hong Kong.