Governador se reúne com prefeitos de Cuiabá, Várzea Grande, Rondonópolis e Sinop para discutir demandas previstas no PAC 2

Em reunião a ser realizada na próxima segunda-feira (10.05), às 11 horas, Palácio Paiaguás, liderada pelo governador Silval Barbosa, com os prefeitos dos municípios de Cuiabá, Várzea Grande, Rondonópolis e Sinop, serão discutidas as demandas de cada cidade relacionadas às obras previstas na segunda etapa do programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2). Esse encontro …

10/05/2010 11:59



Em reunião a ser realizada na próxima segunda-feira (10.05), às 11 horas, Palácio Paiaguás, liderada pelo governador Silval Barbosa, com os prefeitos dos municípios de Cuiabá, Várzea Grande, Rondonópolis e Sinop, serão discutidas as demandas de cada cidade relacionadas às obras previstas na segunda etapa do programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2).
Esse encontro será uma prévia da audiência que ocorrerá em Brasília na próxima quarta-feira (12.05), onde Silval Barbosa pretende garantir recursos junto ao Governo Federal que beneficiem as respectivas cidades de Mato Grosso, no que diz respeito a habitação, saneamento, mobilidade urbana, pavimentação e contenção de risco. Às 9h30 será realizada a primeira Reunião de Trabalho, coordenada pelo Grupo Executivo do Programa de Aceleração do Crescimento (Gepac), onde serão apresentados os critérios de seleção e as formas de acesso ao PAC 2, bem como as demandas de cada município de Mato Grosso.

PAC 2 EM MATO GROSSO

A segunda etapa do Programa de Aceleração do Crescimento prevê investimentos em Transportes e Energia, além de comportar os programas Água e Luz Para Todos, Minha Casa, Minha Vida, Comunidade Cidadã e Cidade Melhor. Somente entre 2011 e 2014, serão investidos R$ 960 bilhões deste montante em todo o País.

Dentre os projetos destinados para Mato Grosso estão iniciativas de implantação de irrigação, como o Projeto Jonas Pinheiro, e algumas importantes obras rodoviárias. É o caso do Contorno de Cuiabá, na BR-364, e da adequação de capacidade da BR-163. A BR-080 também será pavimentada com construção e pavimentação da divisa com Goiás até entroncamento com a BR-158 (incluindo ponte sobre o Rio das Mortes).

Outro destaque é o Ferrovia de Integração do Centro-Oeste, no trecho entre Lucas do Rio Verde e Vilhena, em Rondônia. Além disso, o estudo de viabilidade do projeto de construção da Ferronorte, entre Rondonópolis e Cuiabá, foi incluído nessa fase do Programa. Outro marco importante para o Estado é, no modal aquaviário, a construção de um terminal de carga na fazenda Santo Antonio das Lendas, na região de Cáceres, além da dragagem, sinalização e do derrocamento da Hidrovia do Paraguai desde este ponto até o Paraguai, passando por Mato Grosso do Sul.

(Com informações de Bruna Barros)