Reunião com secretariado aborda interiorização das ações de governo

A interiorização das ações realizadas pelo Governo do Estado foi um dos temas debatidos durante a reunião do governador Silval Barbosa com o secretariado nesta segunda-feira (10.05). O encontro é realizado regularmente a cada mês, na sala de reuniões Governador Garcia Neto. Segundo o secretário-chefe da Casa Civil, Eder Moraes, ficou definido a pedido do …

11/05/2010 11:49



Reunião de Secretários do governo

A interiorização das ações realizadas pelo Governo do Estado foi um dos temas debatidos durante a reunião do governador Silval Barbosa com o secretariado nesta segunda-feira (10.05). O encontro é realizado regularmente a cada mês, na sala de reuniões Governador Garcia Neto.

Segundo o secretário-chefe da Casa Civil, Eder Moraes, ficou definido a pedido do governador, a ampliação dos trabalhos governamentais e uma maior presença das pastas consideradas mais críticas nos municípios do interior. “Esta é mais uma reunião de trabalho, mantendo nossa rotina de reuniões, que busca soluções, união e principalmente a transversalização entre as secretarias. Silval Barbosa pediu aos secretários a realização de serviços itinerantes, que atendam a população do interior do Estado, principalmente nas áreas de Saúde e Segurança Pública, por meio dos Planos de Ações (PAS) lançados recentemente, e também no Meio Ambiente”, comentou.

Eder Moraes ressalta que o início das ações deve tomar forma a partir desta terça-feira (11.05). “A proposta é realizar o máximo de ações possíveis até o fim do mandato. O que não conseguirmos realizar até o fim do ano será sugerido como propostas governamentais para a continuidade da gestão”.

Sobre as denúncias de superfaturamento no maquinário do programa “MT 100% Equipado”, o secretário-chefe da Casa Civil afirmou que a orientação foi a da transparência. “Vamos trabalhar de forma imparcial para que o Governo do Estado passe as informações à sociedade de forma correta e clara”, concluiu.

A interiorização das ações realizadas pelo Governo do Estado foi um dos temas debatidos durante a reunião do governador Silval Barbosa com o secretariado nesta segunda-feira (10.05). O encontro é realizado regularmente a cada mês, na sala de reuniões Governador Garcia Neto. Segundo o secretário-chefe da Casa Civil, Eder Moraes, ficou definido a pedido do governador, a ampliação dos trabalhos governamentais e uma maior presença das pastas consideradas mais críticas nos municípios do interior. “Esta é mais uma reunião de trabalho, mantendo nossa rotina de reuniões, que busca soluções, união e principalmente a transversalização entre as secretarias. Silval Barbosa pediu aos secretários a realização de serviços itinerantes, que atendam a população do interior do Estado, principalmente nas áreas de Saúde e Segurança Pública, por meio dos Planos de Ações (PAS) lançados recentemente, e também no Meio Ambiente”, comentou. Eder Moraes ressalta que o início das ações deve tomar forma a partir desta terça-feira (11.05). “A proposta é realizar o máximo de ações possíveis até o fim do mandato. O que não conseguirmos realizar até o fim do ano será sugerido como propostas governamentais para a continuidade da gestão”. Sobre as denúncias de superfaturamento no maquinário do programa “MT 100% Equipado”, o secretário-chefe da Casa Civil afirmou que a orientação foi a da transparência. “Vamos trabalhar de forma imparcial para que o Governo do Estado passe as informações à sociedade de forma correta e clara”, concluiu.
 

A interiorização das ações realizadas pelo Governo do Estado foi um dos temas debatidos durante a reunião do governador Silval Barbosa com o secretariado nesta segunda-feira (10.05). O encontro é realizado regularmente a cada mês, na sala de reuniões Governador Garcia Neto. Segundo o secretário-chefe da Casa Civil, Eder Moraes, ficou definido a pedido do governador, a ampliação dos trabalhos governamentais e uma maior presença das pastas consideradas mais críticas nos municípios do interior. “Esta é mais uma reunião de trabalho, mantendo nossa rotina de reuniões, que busca soluções, união e principalmente a transversalização entre as secretarias. Silval Barbosa pediu aos secretários a realização de serviços itinerantes, que atendam a população do interior do Estado, principalmente nas áreas de Saúde e Segurança Pública, por meio dos Planos de Ações (PAS) lançados recentemente, e também no Meio Ambiente”, comentou. Eder Moraes ressalta que o início das ações deve tomar forma a partir desta terça-feira (11.05). “A proposta é realizar o máximo de ações possíveis até o fim do mandato. O que não conseguirmos realizar até o fim do ano será sugerido como propostas governamentais para a continuidade da gestão”. Sobre as denúncias de superfaturamento no maquinário do programa “MT 100% Equipado”, o secretário-chefe da Casa Civil afirmou que a orientação foi a da transparência. “Vamos trabalhar de forma imparcial para que o Governo do Estado passe as informações à sociedade de forma correta e clara”, concluiu.
 

Na oportunidade o governador Silval Barbosa também pediu mais rigor e cuidado redobrado em todos os processos licitatórios que poderão ser realizados durante o período permitido. O governador apresentou o secretário de Justiça e Segurança Pública, Diógenes Curado Filho, como o responsável para avriguar as possíveis denúncias que possam surgir. Curado foi designado pelo governador para acompanhar as investigações no caso das denúncias de superfaturamento. Segundo Silval, Diógenes conta com uma equipe capacitada para investigar, caso sejam apresentadas novas denúncias de irregularidades em todas as áreas de governo.