Cuiabá cumpre o cronograma da Fifa

O presidente da Comissão Parlamentar de Acompanhamento da Copa do Pantanal (2014) da Assembleia Legislativa, deputado J. Barreto (PR), afirmou hoje (13), durante a vistoria técnica da Arena de Multiuso (antigo Verdão), pelos representantes da Fifa, CBF e membros da Agecopa, que a federação está satisfeita com o cronograma das execuções das obras em Cuiabá. …

13/05/2010 17:02



O presidente da Comissão Parlamentar de Acompanhamento da Copa do Pantanal (2014) da Assembleia Legislativa, deputado J. Barreto (PR), afirmou hoje (13), durante a vistoria técnica da Arena de Multiuso (antigo Verdão), pelos representantes da Fifa, CBF e membros da Agecopa, que a federação está satisfeita com o cronograma das execuções das obras em Cuiabá.
“Eles se mostraram otimistas com o trabalho acelerado que está sendo desenvolvido em Mato Grosso. Cuiabá é uma das poucas cidades que está cumprindo à risca o cronograma exigido pela Fifa. Tudo isso é positivo para a Capital selar de vez como uma das subsedes da Copa de 2014”, destacou o parlamentar.

De acordo com Barreto, os 80% que estão sendo demolidos, de toda estrutura física do estádio, serão reaproveitados, principalmente na construção dos centros de treinamento para as seleções de futebol que farão jogos em Cuiabá. O concreto será britado e reutilizado no aterro do novo estádio de futebol.

“Além da preocupação econômica, o momento é de pensar na preservação do meio ambiente. Por isso, as empresas responsáveis pela reciclagem estão trabalhando em conjunto com a Agecopa, para que os resíduos sejam reaproveitados e não jogados em lixões”, disse J. Barreto.

O 1º secretário da Assembleia Legislativa, deputado Sérgio Ricardo (PR), lembrou que a Copa do Mundo de Futebol já é uma realidade em Cuiabá. Para ele, a Capital não corre o risco de ficar fora do mundial. “A Arena de Multiuso é de primeiro mundo. Os representantes da Fifa vão levar uma impressão excelente das obras que estão sendo realizadas em Cuiabá”, observou Sérgio Ricardo.

A demolição do Estádio José Fragelli – inaugurado em 1976 – começou no dia 26 de abril. Além de Cuiabá, as cidades de Belo Horizonte, Curitiba, Manaus, Porto Alegre e São Paulo também estão dentro do prazo para as obras.

Até a manhã de hoje (13), apenas parte da estrutura interna do Verdão havia sido demolida – o fosso e parte da arquibancada. Os operários começaram a retirar a estrutura metálica da arquibancada coberta.

A Assembleia Legislativa já aprovou em primeira votação um projeto de lei autorizando o Executivo emprestar R$ 406 milhões. A verba será aplicada nos projetos de construção e reforma da Arena de Multiuso – o Verdão – que receberá os jogos da Copa de 2014.