Por dia, quatro crianças são abusadas em Cuiabá e VG

A Assembleia Legislativa e o Governo do Estado deram inicio hoje (19), ao maior evento de mobilização e combate à pedofilia já registrado em Mato Grosso. Cerca de 500 pessoas acompanharam pela manhã, as discussões abordadas no seminário “Mato Grosso Contra a Pedofilia e Objetivos do Milênio – ODM”. Os presentes acompanharam as palestras – …

19/05/2010 17:18



A Assembleia Legislativa e o Governo do Estado deram inicio hoje (19), ao maior evento de mobilização e combate à pedofilia já registrado em Mato Grosso. Cerca de 500 pessoas acompanharam pela manhã, as discussões abordadas no seminário “Mato Grosso Contra a Pedofilia e Objetivos do Milênio – ODM”. Os presentes acompanharam as palestras – mesa redonda – sobre “Denúncia e Comportamento dos Envolvidos” em abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes.
Na abertura do evento, o presidente da Assembleia Legislativa, deputado José Riva (PP), lembrou que não adianta Mato Grosso ser um dos grandes produtores de grãos do país e do mundo, sediar em 2014 jogos da Copa do Mundo de Futebol, e não se organizar para o combate à pedofilia. Para Riva, essa luta tem que ser maior que o combate ao tráfico de drogas.

“O ponto alto nessa discussão é a participação de toda sociedade. Não podemos admitir que quatro a cinco crianças sejam abusadas sexualmente todos os dias em Cuiabá e Várzea Grande. Não podemos ficar inertes quanto a isso”, destacou o parlamentar.

Riva lembrou que o Poder Legislativo aprovou emendas parlamentares ao orçamento estadual destinando recursos financeiros aos conselhos tutelares de todo o Estado para a aquisição de veículos e de computadores. Ele disse ainda que 80% dos conselhos não possuem carros próprios para a locomoção dos conselheiros.

A psicóloga Tatiane Hartz, que acompanha os trabalhos da CPI da Pedofilia no Congresso Nacional, durante a palestra sobre a ação dos pedófilos – disse que a seleção das vitimas é feita em cinco etapas: formação de amizade; relacionamento com a vítima; avaliação de possibilidades; exclusividade (amor e confiança mútua) e ação sexual. Hartz disse que os pais precisam ficar atentos com os símbolos utilizados pelos pedófilos.

Hartz afirmou ainda que a ação pedófila é feita entre 85% a 90% de pessoas próximas à família. “Eles, os pedófilos, são totalmente dissimulados, enganadores metódicos e pré-dispostos ao abuso sexual. Os pedófilos são pessoas acima de qualquer suspeita. As crianças, às vezes, não falam, mas demonstram com o corpo e com o choro que foram abusadas”, destacou a psicóloga.

De acordo com opProcurador de Justiça e coordenador do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) e da Procuradoria Especial de Defesa da Criança e do Adolescente, Paulo Prado, em 2009, os conselhos tutelares de Cuiabá receberam 168 denúncias sobre pedofilia. Segundo ele, em média – por dia – são registrados quatro casos de pedofilia na Capital e em Várzea Grande.

“A pedofilia é um assunto delicado que precisa ser debatidos em todos os segmentos sociais. Ela não está presente somente entre as pessoas com baixo nível de escolaridade, mas também entre os doutores. Por isso, as investigações precisam ser intensificadas e isso vai acontecer com a criação de delegacias especializadas em crime de pedofilia”, destacou Paulo Prado.

Paulo Prado disse ainda que nos últimos anos, em Mato Grosso, as denúncias de crime de pedofilia têm triplicado. O procurador ressaltou que um entre quatro meninos, e uma entre 10 meninas são abusados sexualmente e que apenas 6% dos casos não foram detectados como verdadeiros.

À tarde, o seminário vai discutir :
14:00H – MESA REDONDA – PEDOFILIA: UMA QUESTÃO DE JUSTIÇA, SAÚDE E HUMANIDADE
• José Rodrigues Rocha Júnior – Secretário Adjunto de Assistência Social da Setecs/MT e Presidente do Comitê Estadual de Enfrentamento ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes
• Maria Aparecida Ribeiro – Juíza Auxiliar da Corregedoria Geral da Justiça – Tribunal de Justiça de Mato Grosso
• Márcia Bassit Lameiro da Costa Mazzoti – Secretária Executiva do Ministério da Saúde
• Coordenadora: Alessandra de Abreu Nicole – Presidente da Associação para o Desenvolvimento de Mato Grosso – APDM – MT e Primeira Dama de Santa Carmem
• Debatedora: Janete Riva – Coordenadora da Sala da Mulher – AL/MT
15:30h – Perguntas
16:15h – Coffee Break
17:00h – Elaboração documento Mato Grosso “Carta de Mato Grosso”
18:00h – Encerramento

Amanhã, quinta-feira (20/05):
08:00h – Abertura
08:30H – MESA REDONDA – OBJETIVO DE DESENVOLVIMENTO DO MILÊNIO EM MT
• Antônio Roberto Lambertucci – Secretário-Executivo da Secretaria – Geral da Presidência da República
• Helder Rogerio Sant’ana Ferreira – Diretor Adjunto de Estudos e Políticas Sociais do IPEA – Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada, Fundação Pública Federal vinculada à Secretaria de Assuntos Estratégicos da Presidência da República
• Rosa Alegria – Movimento Nacional pela Cidadania e Solidariedade
• Coordenador: Elói Medeiros Junior – Superintendente do Banco do Brasil em Mato Grosso – B.B.
• Debatedor: Ivo Carlos Zecchin – Superintendente da Caixa Econômica Federal em Mato Grosso – CEF 10:00 H – MESA REDONDA: Erradicação do Trabalho Infantil – Um compromisso de desenvolvimento do milênio
• Renato J. Mendes – Coordenador Nacional do Programa para a Eliminação do Trabalho Infantil (IPEC, pela sigla em inglês) da Organização Internacional do Trabalho – OIT
• Antônio Carlos Mello da Rosa – Coordenador do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil em MT do IPEC – Organização Internacional do Trabalho – OIT
• Márcia Bassit Lameiro da Costa Mazzoti – Secretária Executiva do Ministério da Saúde
• Coordenador: Valdiney Antônio de Arruda – Superintendência Regional de Trabalho e Emprego – SRTE/MTE
• Debatedor: Rosarinha Bastos – Presidenta da Comissão da Infância e Juventude da Seccional da Ordem dos Advogados do Brasil em Mato Grosso 11:30h – Perguntas
12:00h – Almoço (no local)
14:00H – COLETIVA DO SENADOR MAGNO MALTA E ENTREGA DE 148 VEÍCULOS E 148 COMPUTADORES PARA CADA UM DOS CONSELHOS TUTELARES NOS 141 MUNICÍPIOS DO ESTADO (LOCAL: NO CLUBE MONTE LÍBANO DE CUIABÁ, LOCALIZADO NA AVENIDA REPÚBLICA DO LÍBANO, S/N.º, BAIRRO JARDIM MONTE LÍBANO, EM CUIABÁ-MT).
ASSINATURA DOS TERMOS DE PARCERIA DO PROJETO DE COMBATE A PEDOFILIA E LOCALIZAÇÃO DE PESSOAS DESAPARECIDAS.
15:30h – MUDANÇAS LEGISLATIVAS, MUDANÇAS NECESSÁRIAS
• André Ubaldino – Procurador da República em Belo Horizonte e procurador da CPI da Pedofilia no Congresso Nacional
• Thiago Tavares de Oliveira – Presidente da Organização Não Governamental (ONG) Safernet Brasil, que auxilia os trabalhos da CPI da Pedofilia no Congresso Nacional •
Coordenador: Aguinaldo Garrido – Ex-Presidente do Conselho Estadual de Defesa dos Direitos da Criança e Adolescente – CEDECA/MT, Conselheiro Estadual de Educação e Secretário Municipal de Educação de Nova Mutum
• Debatedor: Alexandre César – Procurador do Estado e Suplente de Deputado Estadual, foi membro titular da Frente Parlamentar em Defesa dos Direitos da Criança e Adolescente na Assembléia Legislativa
17:00h – PALESTRA: TODOS CONTRA A PEDOFILIA
• Senador Magno Malta – (PR-ES) Presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pedofilia
• Coordenador: José Geraldo Riva – Deputado Estadual, Presidente da Assembléia Legislativa
• Debatedora: Roseli Barbosa – Secretária de Estado de Trabalho, Emprego, Cidadania e Assistência Social (Setecs)
19:00h – Coffee Break
INICIATIVA:Governo do Estado / Assembleia Legislativa / Secretaria – Geral da Presidência da República – Governo Federal
ORGANIZAÇÃO: SETECS / Sala da Mulher / SRTE-TEM