Com lesão preocupante, Elano desfalca Seleção contra Holanda

Elano vai desfalcar a Seleção Brasileira na partida contra a Holanda, às 11h (de Brasília) da sexta-feira, pelas quartas de final da Copa do Mundo, em Port Elizabeth. Com uma lesão preocupante no tornozelo, o camisa 7 vai fazer tratamento durante a semana e pode até ficar de fora do restante do torneio. A ausência …

30/06/2010 10:09



Elano vai desfalcar a Seleção Brasileira na partida contra a Holanda, às 11h (de Brasília) da sexta-feira, pelas quartas de final da Copa do Mundo, em Port Elizabeth. Com uma lesão preocupante no tornozelo, o camisa 7 vai fazer tratamento durante a semana e pode até ficar de fora do restante do torneio.

A ausência de Elano foi comunicada pelo próprio jogador e pelo médico da Seleção, José Luis Runco, durante entrevista concedida  na concentração brasileira.

“Temos um edema no osso. Não é fratura. Ele consegue fazer tudo, clinicamente não tem nada, mas quando faz a desaceleração, incomoda. Está tratando. Temos que tirar o impacto. Isso pode levar dias, semanas, meses… não tem tempo definido”, disse Runco.

Após a vitória contra o Chile por 3 a 0, na última segunda-feira, Runco tinha afirmado que Elano não seria problema para o jogo de sexta. Porém, o meio-campista deixou o treino de terça-feira antes do final aparentando sentir as mesmas dores no tornozelo que o tiraram durante o duelo com a Costa do Marfim, vencido por 3 a 1 ainda na segunda rodada.

“Elano teve uma evolução muito boa dentro dos conceitos da medicina, evoluindo bem. Colocamos mais carga aos poucos. No domingo, ele trabalhou de uma maneira boa. Depois, reclamou que algo estava incomodando e aí não foi ao jogo.  Ele trabalhou fisicamente e sempre de olho no duelo com a Holanda”, completou o médico.

Ramires, o substituto imediato de Elano, levou o segundo cartão amarelo contra o Chile e está suspenso. O lateral direito Daniel Alves, improvisado algumas vezes no meio-campo, pode entrar na vaga do jogador.

Na quarta-feira, o Brasil treinou ainda em Johannesburgo, na Hoerskool Randburg, e viajou de noite para Port Elizabeth. Quem vencer o duelo de sexta no estádio Nelson Mandela Bay, encara Uruguai ou Gana nas semifinais.