Vice de Silval deve ser conhecido hoje

O candidato a vice na chapa do governador Silval Barbosa (PMDB) deve ser anunciado hoje pela coligação “Mato Grosso em Primeiro Lugar”. A definição deve ocorrer após reunião entre os presidentes do PR, PMDB, PT e PP. As conversas foram intensas durante todo o dia de ontem. Embora haja uma tendência de que o deputado …

30/06/2010 09:38



O candidato a vice na chapa do governador Silval Barbosa (PMDB) deve ser anunciado hoje pela coligação “Mato Grosso em Primeiro Lugar”. A definição deve ocorrer após reunião entre os presidentes do PR, PMDB, PT e PP. As conversas foram intensas durante todo o dia de ontem.

Embora haja uma tendência de que o deputado federal Chico Daltro (PP) seja o escolhido para ocupar a vaga, seu nome ainda não foi confirmado. Daltro oficializou ontem candidatura à Câmara Federal pela legenda progressista. O quadro, no entanto, está passível de mudança.

Após a convenção do PP, na noite de ontem, Silval Barbosa teve uma longa conversa com o deputado federal Chico Daltro, acompanhado do presidente estadual do PR, Wellington Fagundes, do presidente da Assembleia Legislativa, José Riva (PP), e do deputado federal Pedro Henry. O encontro reforça a informação de que o candidato a vice-governador pela chapa será Chico Daltro, ou que a indicação será do PP.

Entre as possibilidades analisadas, a prioridade tem sido um nome que possua base eleitoral na Baixada Cuiabana, já que Silval Barbosa estruturou sua carreira política no interior do Estado.

Mesmo sem ter participado da convenção do PT, a senadora Serys Slhessarenko (PT) ainda não foi descartada das conversas. Depois de confirmar que recebeu convite oficial de Silval, e que voltariam a tratar do assunto, Serys disse ontem que “nunca mais foi procurada”. Ela chegou a cogitar estar no palanque de Silval na condição de que o deputado federal Carlos Abicalil (PT) não estivesse nele – uma proposta impossível já que Abicalil teve candidatura ao Senado oficializada pela mesma coligação. “Apesar de ter apoiado Mauro Mendes no PT, acho o Silval um ótimo governador. Infelizmente, tem laranja estragada no grupo dele”, alfinetou a senadora. Seu posicionamento irredutível pode ser uma das razões pela qual a ela e o governador não conversaram mais.

Paralelamente, o PR analisa a hipótese de indicar o deputado federal Homero Pereira, o deputado Sérgio Ricardo ou o vereador Francisco Vuolo – todos com candidaturas oficializadas na convenção estadual do partido.

Outro fator ainda não descartado pela chapa do peemedebista é a hipótese do PSB não homologar a candidatura de Mauro Mendes (PSB) durante a convenção estadual que acontece hoje. O mesmo pode acontecer com o PDT, rachado entre apoiadores de Mauro e Silval.