Células-tronco faz ratos ficarem resistentes ao HIV

Pesquisadores americanos encontraram uma nova opção para o tratamento da Aids: tornar o sistema imunológico resistente ao vírus HIV, causador da doença, introduzindo células-tronco modificadas no organismo.  Como o vírus da Aids ataca proteínas específicas das células de defesa, os cientistas conseguiram desenvolver novas células imunológicas sem essas proteínas específicas. Para conseguir fazer isso, a …

04/07/2010 09:52



Pesquisadores americanos encontraram uma nova opção para o tratamento da Aids: tornar o sistema imunológico resistente ao vírus HIV, causador da doença, introduzindo células-tronco modificadas no organismo. 

Como o vírus da Aids ataca proteínas específicas das células de defesa, os cientistas conseguiram desenvolver novas células imunológicas sem essas proteínas específicas.

Para conseguir fazer isso, a equipe de Paula Cannon, da Universidade da Califórnia do Sul, nos Estados Unidos, estudou um grupo de pessoas que não possuem essas proteínas – o que as tornam resistentes às principais cepas do HIV.

Os pesquisadores eliminaram esse gene específico de células-tronco e produziram outras células imunológicas sem as proteínas atacadas pelo vírus da Aids.

Em seguida, os cientistas introduziram essas células modificadas em ratos de laboratório, substituindo assim seu sistema imunológico por células humanas, antes de infectá-los com o HIV.

Depois de 12 semanas, o sistema imunológico dos animais já havia retomado sua força inicial e a presença do HIV era bastante limitada.

Os pesquisadores agora irão aplicar essa técnica em seres humanos.