Exposição Cores e Sensações faz parte da programação do Festival de Inverno de Chapada

Durante todo o Festival de Inverno de Chapada dos Guimarães, o público pode visitar a exposição fotográfica Cores e Sensações. São imagens de três fotógrafos e observadores da natureza e do cotidiano da cidade. Enquanto acontece em Mato Grosso, o trabalho de Chico Venâncio, Eduardo Ikeda e José Medeiros continua rodando em Portugal. No mês …

09/07/2010 10:36



Durante todo o Festival de Inverno de Chapada dos Guimarães, o público pode visitar a exposição fotográfica Cores e Sensações. São imagens de três fotógrafos e observadores da natureza e do cotidiano da cidade. Enquanto acontece em Mato Grosso, o trabalho de Chico Venâncio, Eduardo Ikeda e José Medeiros continua rodando em Portugal.

No mês de junho, a mostra teve lugar no Salão Nobre da Junta de Freguesia de Carreço, no município de Viana do Castelo, na programação cultural da 1ª edição do FM (Festival de Montedor), no qual participou to músico matogrossense Sandro Souza.

Segundo o presidente da Associação Etnia, Mário Alves, a exposição teve boa aceitação por parte do público e das autoridades presentes, tendo sido abertas portas significativas para novos desenvolvimentos no que refere às trocas turísticas e culturais entre as duas cidades e regiões.

A cidade de Viana do Castelo é a capital da região portuguesa do Alto Minho, na fronteira noroeste e é considerada uma das mais emblemáticas de Portugal em termos do turismo de natureza e de tradição. A ideia, junto com a Associação Etnia (responsável pela exposição no país), é constituir uma excelente referência para parcerias futuras, nomeadamente especial, para novas ações de promoção turística de Chapada dos Guimarães.

Para o final do mês de julho, a expectativa com essas iniciativas que fazem parte do Circuito Lusófono (intercâmbio entre países de língua portuguesa), organizado pelo jornalista de Portugal Mário Alves, é que haja um evento com apoio de instituições locais a uma forte presença do Alto Minho em Chapada dos Guimarães para o qual está a ser preparada já uma primeira iniciativa luso-brasileira e lusófona.

Cores e Sensações é uma exposição coordenada pela jornalista Thaís Raeli, com recursos do Governo do Estado de Mato Grosso, através do Programa de Apoio à Cultura (Proac), da Secretaria de Cultura. Também conta com o incentivo da Secretaria de Cultura, Turismo e Meio Ambiente da Prefeitura de Chapada e da Unisat Educacional.