Festival de Cururu e Siriri dá início às etapas seletivas dos grupos

As etapas de seleção dos grupos que participarão do IX Festival de Cururu e Siriri serão por polos. A primeira das cinco etapas será nesta sexta-feira (09.07), no polo de Chapada dos Guimarães, às 21h. Três grupos se apresentarão e dois serão classificados para participar do Festival. Patucha e Flor do Cambambi, ambos de Chapada, …

09/07/2010 14:54



As etapas de seleção dos grupos que participarão do IX Festival de Cururu e Siriri serão por polos. A primeira das cinco etapas será nesta sexta-feira (09.07), no polo de Chapada dos Guimarães, às 21h. Três grupos se apresentarão e dois serão classificados para participar do Festival.

Patucha e Flor do Cambambi, ambos de Chapada, e Siriri de Jangada são os grupos que se apresentarão nesta primeira fase. No total, serão selecionados 24 grupos para as apresentações no Festival. Serão classificados dois grupos de cada polo, perfazendo 10 grupos e mais 14 grupos com maiores índices técnicos.

Segundo o secretário da Federação Mato-grossense de Cururu e Siriri – Tradição Cultural, José de Paula, o Festival é importante porque mapeia todos os grupos existentes no Estado e estimula a união, a integração entre os grupos, além de expandir nossa cultura.

Uma comissão formada por sete avaliadores, escolhidos pela comissão organizadora do evento, fará avaliação e seleção dos grupos. Serão nove critérios a ser avaliados, entre eles estão: abertura, coreografia, interpretação e expressão corporal, afinação e ritmo, evolução e afinação, conjunto e harmonia, figurino e adereços, figuras lendárias e tema.

Neste ano, o Festival de Cururu e Siriri será realizado entre os dias 23 e 26 de setembro, na Praça do Cururu e Siriri, no bairro Porto. O tema desta edição é Fé e Alegria. Além do espetáculo garantido pelas apresentações de cururu e siriri, o evento também conta com mostra de artesanato e gastronomia típica regional.

Dona Domingas, presidente da Federação, diz que esta é a primeira vez que eles contam com a união e apoio de todas as esferas públicas. “Temos que aproveitar esse momento para preservar e expandir nossa cultura para fora”, comenta.

Sobre a Federação

A Federação Mato-grossense de Cururu e Siriri – Tradição Cultural, fundada em 2007, conta com mais de 50 grupos de cururu e siriri associados atualmente. Entre as principais atividades está a organização do Festival de Cururu e Siriri, evento que já faz parte do calendário mato-grossense.

Além de promover este importante festival, a Federação desenvolve outras atividades como o mapeamento e estímulo aos grupos com o objetivo de preservar a cultura popular do Estado. Outra importante ação é o fomento para a geração de novos grupos.