Governador Silval Barbosa busca solução para fornecimento de gás

O governador Silval Barbosa recebeu o ministro de Minas e Energia Márcio Zimmermann, a garantia de que até o dia 12 de agosto deste ano o Ministério apresentará uma solução para a questão do fornecimento do gás boliviano para Mato Grosso. A questão vem se arrastando já há algum tempo. Silval Barbosa expôs ao ministro a …

14/07/2010 08:34



O governador Silval Barbosa recebeu o ministro de Minas e Energia Márcio Zimmermann, a garantia de que até o dia 12 de agosto deste ano o Ministério apresentará uma solução para a questão do fornecimento do gás boliviano para Mato Grosso.
A questão vem se arrastando já há algum tempo. Silval Barbosa expôs ao ministro a necessidade de uma solução rápida, que resultará em estabilidade do setor no Estado, com um acréscimo de aproximadamente 400 megawats e geração de empregos.

A solução para o fornecimento do gás passa por uma questão regulatória com a empresa térmica Pantanal Energia, que opera em Cuiabá com capacidade de gerar 480 megawats.

Dos 31 milhões de metros cúbicos/dia de disponibilidade de gás do contrato da Petrobras com o governo boliviano, o governo de Mato Grosso defende que sejam repassados 2,2 milhões de metros cúbicos para que a Pantanal Energia forneça ao mercado mato-grossense. “Há um esforço de todos: do governo federal, do governo de Mato Grosso, com o empenho de toda a bancada, no sentido de solucionarmos o problema. É uma questão complexa, que envolve estudos técnicos e jurídicos, mas haveremos de encontrar uma solução”, disse Silval Barbosa.

O governador observou ainda que existe um compromisso da diretoria da Pantanal Energia em manter o fornecimento do gás enquanto se busca uma solução para o problema e assinatura de um novo contrato.

Há dois meses, Silval Barbosa esteve em reunião com o presidente da Petrobras, Sérgio Gabrielli, quando encaminhou a garantia da empresa em disponibilizar os 2,2 milhões de m³ do gás para Mato Grosso. Hoje, a empresa fornece os 31 milhões de m³/dia para os mercados do Sul e Sudeste.

O governador Silval Barbosa, na audiência com o ministro Zimmermann esteve acompanhado dos deputados federais Carlos Bezerra (PMDB), Pedro Henry (PP) e Carlos Abicalil (PT), o diretor da Pantanal Energia Fábio Garcia e do secretário Pedro Nadaff, da Indústria e Comércio.