Alunos coletam maior morcego das Américas em MT

Dois alunos do mestrado de Ecologia e Conservação, da Universidade de Mato Grosso (Unemat), capturaram um morcego-fantasma-grande (Vampyrum spectrum), espécie considerada a maior das Américas, na cidade de Nova Xavantina. O animal tem 80 cm de largura e pesa 175 g. Este é o primeiro registro da espécie no bioma do Cerrado, segundo a assesseoria …

16/07/2010 00:33



Dois alunos do mestrado de Ecologia e Conservação, da Universidade de Mato Grosso (Unemat), capturaram um morcego-fantasma-grande (Vampyrum spectrum), espécie considerada a maior das Américas, na cidade de Nova Xavantina. O animal tem 80 cm de largura e pesa 175 g. Este é o primeiro registro da espécie no bioma do Cerrado, segundo a assesseoria de imprensa da Unemat.

Os estudantes Ricardo Firmino de Sousa e Carlos Kreutz fizeram a captura na noite do último domingo, próximo ao Córrego Estilac, zona rural da cidade. A coleta faz parte da dissertação de Ricardo, que analisa a diversidade de morcegos em Nova Xavantina.

De acordo com o mestrando, a espécie é rara. Para ele, a descoberta do exemplar no Cerrado pode sinalizar a necessidade de estudos com morcegos neste bioma.

Segundo a assessoria de imprensa da Unemat, depois da extração de material para estudos genéticos, o morcego irá integrar a coleção de quirópteros (morcego, em grego) do Campus de Nova Xavantina.