Para Silval, problema de WS é não cumprir promessas

O governador Silval Barbosa (PMDB), candidato à reeleição pela coligação Mato Grosso em Primeiro Lugar (PMDB, PR, PT, PP e outros), garantiu que cumprirá todos os compromissos assumidos em sua gestão. Na prática, ele fez uma crítica direta a um dos seus adversários na disputa pelo Palácio Paiaguás, Wilson Santos (PSDB), assinalando que o tucano …

28/07/2010 15:58



O governador Silval Barbosa (PMDB), candidato à reeleição pela coligação Mato Grosso em Primeiro Lugar (PMDB, PR, PT, PP e outros), garantiu que cumprirá todos os compromissos assumidos em sua gestão.

Na prática, ele fez uma crítica direta a um dos seus adversários na disputa pelo Palácio Paiaguás, Wilson Santos (PSDB), assinalando que o tucano “tem facilidade em fazer promessas e não cumpri-las”.

“Todos sabem das promessas mirabolantes, tentando enganar a sociedade. Jamais, na minha fala ou no meu Governo, vou tentar criar facilidade em uma proposta para enganar o cidadão (…) O que eu falo para a sociedade será sempre uma conversa franca e com compromisso. Compromisso, eu resgato todos”, afirmou Silval, em entrevista.

Sobre um dos pronunciamentos do ex-prefeito do PSDB, de que o Governo comprou dois hospitais particulares [São Thomé e Modelo], em Cuiabá, e fechou suas portas, Silval disse que isso é mais uma “mentira” da oposição. Ele explicou que o Estado, de fato, comprou os prédios, mas o objetivo nunca foi o de montar hospitais.

“É bom falar isso aqui porque é mais uma mentira que o adversário conta, que nos compramos hospitais e fechamos. São prédios que estavam à venda e o Governo os comprou. Sequer equipamentos existiam nos locais”, disse. Segundo o governador, no imóvel onde funcionava Hospital São Thomé, no bairro Consil, será instalada a Fundação Dom Aquino, e onde funcionou o Hospital Modelo, parte da Secretaria Saúde.

Silval Barbosa considerou que a “artimanha” utilizada por Wilson é para tentar jogar o Governo contra a população. “O Governo não comprou hospital e fechou, nos compramos um prédio que tinha um hospital fechado”, disse.

Melhor que Maggi

O candidato peemedebista avaliou que, caso seja reeleito em outubro, estará em melhores condições que o ex-governador Blairo Maggi (PR), apostando que fará, até mesmo, uma gestão melhor.

“As condições do Estado, hoje, me permitem isso. Com o conjunto de partidos que estão nesse arco de aliança, terei as condições necessária para que, lá em Brasília, consiga os recursos necessários aos investimentos, contando com a presidente Dilma e os senadores Maggi e Abicalil”, disse, prevendo a vitória do seu grupo político, em outubro.

Caso seja reeleito, Silval disse que assumirá o Governo em ritmo acelerado. “Não vou perder um minuto sequer, sendo reeleito. Do dia da eleição até dezembro, as composições de Governo suprapartidário,que tem que ser feito, eu farei. Chegarei em 1º de janeiro em ritmo acelerado, na execução das obras e outros investimentos como Saúde, Educação e Segurança”, disse o governador.

Outro lado

O ex-prefeito Wilson Santos não foi localizado para falar sobre as declarações do governador Silval Barbosa. O tucano não atendeu às ligações para seu telefone celular.

De acordo com agenda fornecida pela assessoria, WS passa o dia, hoje, em Rondonópolis, em campanha eleitoral, devendo retornar à noite à Capital.