Mauro diz que Wilson mente sobre incentivo fiscal

O candidato ao Governo pela coligação Mato Grosso Melhor pra Você (PSB, PDT, PPS e PV), Mauro Mendes, afirmou que as acusações feitas pelo adversário político e também candidato a governador, Wilson Santos (PSDB), de que o empresário foi beneficiado, indiscriminadamente, pelo Governo do Estado com incentivos fiscais, não passam de “mentiras” para enganar a …

29/07/2010 16:55



O candidato ao Governo pela coligação Mato Grosso Melhor pra Você (PSB, PDT, PPS e PV), Mauro Mendes, afirmou que as acusações feitas pelo adversário político e também candidato a governador, Wilson Santos (PSDB), de que o empresário foi beneficiado, indiscriminadamente, pelo Governo do Estado com incentivos fiscais, não passam de “mentiras” para enganar a população.

“Essas críticas que são feitas pelo candidato Wilson Santos não passam de mentiras. Ele conta isso, na tentativa de induzir a sociedade a ter uma visão distorcida do que é receber incentivo fiscal”, declarou o socialista, em entrevista à Rádio Cultura de Cuiabá. Na verdade, a empresa de Mauro Mendes, a Bimetal, recebeu benefícios de cerca de R$ 44 milhões do Estado.

Apesar do beneficio, Mauro faz questão de ressaltar que não recebeu dinheiro do Governo. “Incentivo fiscal não é dinheiro que o Estado dá para ninguém; incentivo fiscal é uma redução dos impostos para que se estimule uma atividade econômica, em uma região de Mato Grosso”, explicou.

Mauro citou, citou como exemplo, a medida do presidente Lula em reduzir o IPI dos carros zero quilômetro: foi uma forma de incentivo fiscal, que barateou o preço do automóvel, quando venderam-se mais carros em uma época de crise e foram gerados mais empregos.

“Incentivo fiscal não é errado. Fico triste quanto políticos tentam desvirtuar o sentido das coisas para enganar a população. Quem mente e faz falsas promessas não merece a confiança da população”, afirmou o socialista.

O candidato destacou que o importante na vida pública é ter credibilidade, ao insinuar que o povo não acredita mais em Wilson Santos. “Tem candidato ai que pegou uma fama muito ruim na cidade de prometer sentado e não cumprir quando levanta. Essa fama atrapalha qualquer um. O pior castigo para uma mentiroso é quando ela fala uma verdade e as pessoas não acreditam”, declarou Mauro Mendes.

Exemplos

O empresário ainda afirmou que os ataques de Wilson são infundados, lembrando que, quando o tucano era prefeito de Cuiabá, assinou, com o Governo do Estado, um contrato de incentivo à empresa de confecções Vicunha. “Quer dizer que para a Vicunha está correto; para a empresa do Mauro Mendes, porque é candidato, não está. Vamos fazer política com seriedade, parar de mentiras, de falsas promessas”, disparou.

“Sou candidato e não vou mentir parar ninguém para tentar ganhar o voto do cidadão. Acho que precisamos respeitar mais o eleitor. Política tem que ser feita com verdade e seriedade, pois político que mente não merece receber um voto”, completou.

Outro lado

O ex-prefeito Wilson Santos não foi localizado para falar sobre as declarações de Mauro Mendes. Ele viajou para Rondonópolis, em campanha eleitoral.

Em entrevista à Rádio Cultura, na terça-feira (27), o tucano não respondeu às acusações, optando por dizer que está sendo “massacrado, dia e noite” pelos adversários