Bancada troca a Câmara por campanha

A Câmara Federal abriu os trabalhos ontem registrando a falta da maioria dos 513 parlamentares, entre eles a bancada federal mato-grossense. Com apenas a presença de cinco deputados federais, a Casa de Leis, por falta de quórum mínimo, não conseguiu sequer abrir a sessão. A maioria dos oito representantes de Mato Grosso deixou de marcar …

03/08/2010 09:38



A Câmara Federal abriu os trabalhos ontem registrando a falta da maioria dos 513 parlamentares, entre eles a bancada federal mato-grossense. Com apenas a presença de cinco deputados federais, a Casa de Leis, por falta de quórum mínimo, não conseguiu sequer abrir a sessão. A maioria dos oito representantes de Mato Grosso deixou de marcar presença na Câmara para se dedicar as ações de campanha e de reuniões políticas além de atos de lançamento de comitês.

A situação não foi diferente no Senado, que também abriu os trabalhos registrando presença mínima dos parlamentares. Por ter Regimento Interno mais flexível, o Senado realizou a sessão. Em Cuiabá ontem, o senador Jayme Campos ocupou seu tempo para participar de reunião da coordenação de campanha do candidato ao governo, ex-prefeito Wilson Santos. No período eleitoral, é comum a dispensa por parte de deputados federais e senadores dos trabalhos às segundas-feiras e sextas-feiras.

A maioria de postulantes à reeleição e ainda envolvidos nas campanhas aproveita esses dias, somados aos fins de semana, para participar de reuniões e programações políticas. Representante da bancada federal, o deputado federal e candidato à reeleição, Valtenir Pereira (PSB), ocupou a segunda-feira para se dedicar a programação da chapa majoritária, encabeçada pelo candidato ao governo, Mauro Mendes (PSB). Ele também aproveitou a data para lançamento de seu comitê de campanha, em ato realizado na noite de ontem.

Outro representante da bancada, o também candidato à reeleição, deputado federal Homero Pereira (PR), explicou que não foi à Brasília porque foi informado, em programação enviada pelo presidente da Câmara Federal, Michel Temer, sobre o calendário das sessões deliberativas, às terças, quartas e quintas-feiras. Ele informou ainda que a sessão realizada ontem era apenas para debate, portanto, a ausência de parlamentares, teoricamente, não prejudicaria os trabalhos da Casa.

Presidente regional do PSDB, a deputada federal Thelma de Oliveira dedicou a segunda-feira para participação em reuniões do partido e do comitê de campanha de Wilson Santos. A parlamentar, também postulante à reeleição, também confirmou presença hoje, na Câmara Federal. O deputado federal Eliene Lima (PP) tem dedicado seu tempo para acompanhar o estado de saúde de seu filho, Eliene Lima Júnior, de 15 anos, que sofreu acidente no início do mês passado.

Presidente regional do PT, deputado federal e candidato ao Senado, Carlos Abicalil, dedicou a segunda-feira, em Cuiabá, para resolução de temas pertinentes ao partido e ainda as ações de campanha. Os deputados federais Carlos Bezerra (PMDB), Ricarte de Freitas (PTB) e Pedro Henry (PP) não foram localizados pela reportagem.

LEGISLATIVOS – A Assembleia Legislativa também reabre hoje as atividades em plenário, após um recesso de 15 dias. O mesmo acontece com a Câmara de Vereadores da Capital.